Presidente da Amvat pede ampliação de linhas de crédito a empresas

PRESIDENTE EM LAJEADO

Presidente da Amvat pede ampliação de linhas de crédito a empresas

Prefeito de Venâncio Aires, Jarbas da Rosa também solicitou medidas para mitigar efeitos das enchentes

Por

Presidente da Amvat pede ampliação de linhas de crédito a empresas
Foto: Bianca Mallmann

O presidente da Associação dos Municípios do Vale do Taquari (Amvat), Jarbas da Rosa (PDT), representou os prefeitos da região em solenidade com Lula e oito ministros do governo federal. Prefeito de Venâncio Aires, Rosa pediu a ampliação de linhas de crédito às empresas da região e medidas para mitigar efeitos das enchentes.

Dias após a tragédia, o presidente, ao lado do vice, Geraldo Alckmin, prometeu R$ 1 bilhão em créditos pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O anúncio ocorreu por um vídeo institucional divulgado nas redes sociais do governo logo após a vinda de Alckmin ao Vale do Taquari.

No entanto, o modelo de financiamento com juros subsidiados e carência de dois anos foi restrito para empresas do Simples Nacional, pelo Programa Nacional de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Pronampe) e também para produtores rurais.

Os recursos para este público não atingiram o montante prometido. Foram cerca de R$ 700 milhões, dissolvidos para negócios em mais de 90 municípios gaúchos com situação de calamidade homologada.

A listagem dos beneficiados, com contratos feitos pela Caixa Econômica Federal e pelo Banco do Brasil, nunca foi divulgada. Apenas os números gerais de créditos acessados nas instituições.

Essa situação levanta dúvidas entre autoridades locais, pois há suspeita de que negócios em municípios que não tiveram prejuízos devido à enchente de setembro receberam créditos subsidiados.

Acompanhe
nossas
redes sociais