Desempenho no Previne Brasil evidencia melhorias na atenção primária em saúde

TEUTÔNIA

Desempenho no Previne Brasil evidencia melhorias na atenção primária em saúde

Avaliação feita pelo Ministério da Saúde considera o desempenho em serviços básicos, como pré-natal, consultas de enfermagem e odontológicas, vacinação infantil, entre outros. No início de 2021, indicador era de 6,6

Por

Desempenho no Previne Brasil evidencia melhorias na atenção primária em saúde
Em três anos, indicador na atenção primária em saúde de Teutônia passou de 6,6 para 9,58. (Foto: divulgação)
Teutônia
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

O município divulgou os números do Programa Previne Brasil, referentes ao terceiro quadrimestre do ano passado. Os indicadores são medidos pelo Ministério da Saúde e abrangem atendimentos básicos, como vacinação infantil, pré-natal e enfermagem. A nota atribuída a Teutônia para o período foi de 9,58, que representa uma crescente superior a um ponto ao longo do ano – no mesmo recorte de 2023, o índice era de 8,46.

No começo de 2021, o cenário era diferente, com o indicador em 6,6. O secretário da Saúde do município Juliano Körner comenta que a pandemia foi um fator determinante para o pior desempenho. “Com certeza impactou a prevenção e acompanhamento de saúde, mas ao longo dos últimos três anos fomos recuperando, a partir da identificação e busca ativa dos pacientes que necessitavam de acompanhamento.”

O gestor detalha que alguns fatores que entram na avaliação feita pelo governo federal eram gargalos na atuação da secretaria. “Entre os indicadores entram o acompanhamento de doenças crônicas, como diabetes e hipertensão, que é um item que temos uma dificuldade maior.”

Teutônia conta com nove equipes de atenção primária à saúde (APS), que atuam na busca pelos pacientes que demandam algum atendimento, e ajudam a recuperar o tempo perdido para a prevenção de doenças. Uma das medidas foi reaproximar a população das unidades de saúde e dos serviços médicos.

“O que aconteceu em Teutônia durante a pandemia é que as pessoas não consultavam mais e o médico não tinha acesso para monitorar alguma condição, como hipertensão. Voltamos a buscar os pacientes e isso gera um efeito muito bom na saúde”, acrescenta Körner.

Fator financeiro

O Previne Brasil tem influência nos investimentos em saúde dos municípios. Conforme o secretário, os valores são transferidos do Fundo Nacional de Saúde, proporcional ao desempenho no programa. Em nível estadual, o Programa Estadual de Incentivos para Atenção Primária à Saúde (Piaps) define critérios para distribuição dos recursos financeiros.

Pela primeira vez, Teutônia atingiu 100% das metas do Piaps. “São cinco pontos onde direcionamos o foco: promoção da alimentação saudável, práticas integrativas e complementares em saúde, cuidados com saúde mental, tratamento de sífilis em gestantes e tratamento observado da tuberculose”, conclui Körner.

Acompanhe
nossas
redes sociais