Prefeituras retiraram 60% dos materiais de construção doados em campanha

CHEIA DO TAQUARI

Prefeituras retiraram 60% dos materiais de construção doados em campanha

Valores foram doados pela comunidade em ação do Sindilojas VT e Sesc Lajeado e usados na compra de tijolos, cimento e telhas. Itens beneficiam cidades atingidas pelas enchentes de 2023

Por

Prefeituras retiraram 60% dos materiais de construção doados em campanha
Foto: divulgação

Lajeado, Roca Sales, Muçum, Arroio do Meio, Encantado, Colinas, Estrela e Cruzeiro do Sul são os municípios beneficiados pela campanha solidária liderada pelo Sindilojas Vale do Taquari e pelo programa Sesc Mesa Brasil. A ação arrecadou junto à comunidade doações de valores no período de setembro a novembro, com os quais foi possível a compra de 223,7 mil tijolos, 3,1 mil sacos de cimento e 2,9 mil telhas.

Os donativos foram rateados entre as oito cidades da região que podem definir destinação conforme as necessidades locais. Cerca de 60% do volume já foi retirado pelas prefeituras, que têm até o fim de março para finalizar o transporte.

Em Roca Sales todos os materiais recebidos serão utilizados para a reconstrução de moradias nas áreas ribeirinhas do interior do município. De acordo com o secretário de Serviços Urbanos e Trânsito, Cleiton Telocken (Telega), a doação foi de grande ajuda, visto que ainda há muitas pessoas desalojadas precisando “de um teto para morar”.

Ele explica que a demanda na cidade é muito grande, mas os recursos limitados. “Toda a reconstrução de Roca Sales foi porque temos parceiros e amigos que se preocupam com o próximo. Em nome da cidade, agradeço a cada um que doou”.

Para o presidente do Sindilojas VT, Girado Sandri, o sindicato se sente realizado por contribuir na reconstrução das casas de quem perdeu tudo no desastre. “Embora sejamos a entidade que representa o varejo e esse trabalho não seja nosso papel, vimos que o momento carecia desta mobilização em prol da sociedade. São pessoas que vivem, trabalham e consomem na região e todos merecem condições dignas e qualidade de vida”, avalia.

Para o Sesc Lajeado a experiência também foi inovadora, já que a matéria-prima do programa Mesa Brasil é o alimento. “Em função de toda a dificuldade e perdas na região, foi extremamente gratificante para nós também podermos auxiliar neste momento com as doações de materiais de construção”, afirma a diretora Betina Duraisky.

Acompanhe
nossas
redes sociais