Estrela inicia força-tarefa

APÓS TEMPORAL

Estrela inicia força-tarefa

Mais de 30% da iluminação pública de ruas, parques e praças da cidade e do interior foi atingida. Limpeza dos locais de lazer também já é realizada. Semáforos e câmeras de videomonitoramento também sofreram avarias

Por

Estrela inicia força-tarefa
Foto: Rodrigo Angeli
Estrela

Passadas as ações mais urgentes de apoio e reestruturação do município após a ocorrência do vendaval de terça-feira, 16, a Secretaria de Infraestrutura Urbana (Seurb) de Estrela iniciou, nesta segunda-feira, 22, forças-tarefas mais pontuais para as demais operações necessárias para a retomada da rotina. Equipes estão atuando na troca da iluminação pública e na limpeza de parques e praças.

De acordo com o levantamento do gabinete de crise montado pela Administração para definir as ações pós-vendaval, mais de 30% da iluminação pública na cidade e no interior foi danificada, com o rompimento de fios ou mesmo a queda de alguns postes.

O secretário da Seurb, Osmar Müller, explica a situação. “A iluminação pública sim compete ao município, não a privada, que então quem responde é a concessionária. Por isso passado o primeiro momento onde nosso foco foi a desobstrução das vias públicas, estradas do interior, e no auxílio ao corte de árvores, que em um primeiro momento se mostravam mais urgentes do que a retomada da energia noturna, agora passamos a uma nova etapa, que trata justamente da retomada da iluminação”, comenta.

Segundo o secretário, não são as únicas atividades ligadas ao vendaval. “Seguimos no apoio às demais secretarias, como no transporte de itens necessários, e trabalhando na limpeza mais refinada das vias, calçadas e bocas de lobo. Praças e parques também já estão sendo limpos, até como forma de permitir que as pessoas possam votar a frequentar estes lugares sem perigos”, explica.

“A impossibilidade da chegada em praças de máquinas de grande porte, por exemplo, utilizadas como no carregamento e transporte de grandes vegetações, troncos, enfim, atrapalha um pouco, pois exige que estes pedaços maiores sejam serrados e carregados.” A recolocação de novos brinquedos e bancos que possam ter sido destruídos será realizada em uma etapa posterior, pois exige licitação já que não se trata de uma urgência.

Sinaleiras e câmeras

Outro problema recorrente do vendaval foi o funcionamento das sinaleiras, que precisou num primeiro momento ser desligado e depois colocado em modo intermitente/atenção. Reparos foram realizados nas últimas horas e desde então somente o semáforo da Avenida Rio Branco na intersecção com a Nilo Peçanha e Cel. Müssnich segue em modo intermitente, sendo que a manutenção deve ocorrer nas próximas horas. Os demais núcleos já voltaram à funcionalidade, mas ajustes poderão ser necessários.

Dos 24 pontos centrais do sistema de videomonitoramento do município, 11 sofreram danos. Em nove pontos as imagens já foram reestabelecidas. A situação deve ser normalizada até o fim da semana.

Galeria

Acompanhe
nossas
redes sociais