Estrela investe mais de R$ 600 mil em área para construir unidades habitacionais

ENTREVISTA | FRENTE E VERSO

Estrela investe mais de R$ 600 mil em área para construir unidades habitacionais

Serão 341 apartamentos, além de uma Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) e uma de Ensino Fundamental (Emef) no bairro Novo Paraíso

Por

Estrela investe mais de R$ 600 mil em área para construir unidades habitacionais
Secretário da Fazenda de Estrela, Felipe Diehl (Foto: Mateus Rois)
Lajeado

Em entrevista ao programa Frente e Verso desta terça-feira, 2, o secretário da Fazenda de Estrela, Felipe Diehl destaca investimentos do município garantindo moradia digna às famílias que tiveram suas residências destruídas e condenadas devido as enchentes que assolaram o Vale do Taquari em setembro e novembro de 2023.

Conforme Diehl, uma área adquirida será destinada para construção de 341 unidades habitacionais, além de uma Escola Municipal de Educação Infantil e uma Escola Municipal de Ensino Fundamental. “Foram investidos mais de R$ 600 mil para a compra dessa área localizada ao lado do loteamento Nova Morada, no bairro Novo Paraíso e beneficiará famílias que perderam suas moradias durante as enchentes”, garante.

Além disso, ele descreve o trabalho desenvolvido na cidade com excelência e transparência. “Com as inúmeras empresas instaladas na cidade, foi possível proporcionar o maior crescimento no valor adicional fiscal dos últimos 20 anos, que resultou em 30,7%. No ITBI, tivemos um aumento na arrecadação de 70% no último ano. Já no IPVA, foram 21%. No Renasce Estrela, a prefeitura arcou com os juros. Foram 222 empresas beneficiadas”, explica. No Caged, o município deu um salto positivo na geração de empregos e, de acordo com levantamento, Estrela foi a que mais gerou empregos no Vale.

E pensando nas famílias atingidas pelas cheias de setembro e novembro, a gestão isentou 610 famílias no pagamento do IPTU predial e taxa de coleta de lixo às residências atingidas pelas enchentes.

Diehl esclarece, ainda, que Estrela terá orçamento de R$ 192 milhões em 2024, com crescimento de mais de 15% no último ano e aumento de 50% nos últimos quatro anos. Somente para a saúde e educação são destinados 51% do orçamento.

Acompanhe entrevista na íntegra

Acompanhe
nossas
redes sociais