Tributo a Belchior fecha temporada de shows

Vida e ambiente

Tributo a Belchior fecha temporada de shows

Última apresentação do ano do projeto Pratas da Casa ocorre nesta quarta-feira, 6. Quem sobre ao palco do auditório do Sicredi nesta noite é a banda Dead Masters

Por

Tributo a Belchior fecha temporada de shows
Banda homenageia artistas que se consolidaram e ainda hoje são referências para as novas gerações. (Foto: Divulgação)
Lajeado
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Os maiores sucessos do músico brasileiro Belchior estarão no palco do auditório do Sicredi, no bairro São Cristóvão, em Lajeado, para o último show do ano do projeto Pratas da Casa. Na noite desta quarta-feira, 6, às 19h, a banda regional Dead Masters se apresenta em tributo ao artista que, ainda hoje, faz sucesso no mundo da música.

A iniciativa é do Grupo A Hora, em parceria com o Sesc Lajeado. O evento também é solidário, com o ingresso mediante a doação de 1 kg de alimento não perecível para o programa Mesa Brasil. Também haverá a transmissão ao vivo do show pelas redes sociais, Rádio A Hora 102.9, YouTube e Facebook do Grupo A Hora.

Para encerrar a temporada, a premiação dos melhores artistas do festival neste ano será no dia 13 de dezembro, nas categorias melhor performance e interpretação, melhor cenografia, maior público e voto popular.

Dead Masters

Criada em 2019, a banda Dead Masters surgiu da união de músicos que tinham gostos parecidos. No início, era composta por Joe Garcia nos vocais, Max Lima nas guitarras, Fábio André no baixo e Rafael Enger na bateria.

Em 2021, por conta de uma lesão muscular, o baterista foi substituído por Fabiano Giongo. “Além disso, sempre que necessário, contamos com a participação de um tecladista. Neste tributo, temos a participação especial de Vicente Breyer”, conta Max Lima.

Para o grupo, Dead Masters é um importante trabalho de homenagem e divulgação de artistas consagrados que têm suas obras consolidadas no cenário musical brasileiro ainda hoje. Entre eles, Raul Seixas, Tim Maia, Cazuza, Renato Russo, Belchior, Júpiter Maçã, Celso Blues Boy, entre outros, que ainda são referências para as novas gerações.

Para o Pratas da Casa, a escolha pelo tributo a Belchior foi óbvia, já que, de todos os artistas que o grupo homenageia, Belchior é o que mais impressiona os integrantes da banda.

Durante a apresentação desta noite, o grupo faz um apanhado dos maiores sucessos de Belchior, misturando arranjos originais, versões ao vivo e muito da personalidade de Dead Master.

Quem faz acontecer

A edição do Pratas da Casa especial tributos tem o patrocínio da Transportadora Nimec, Airton Seguros e Leopoldo 47. O projeto conta com o apoio de Tecnosom, Tigrão Áudio, Na Baia Studio, Estúdio Alfa, Ceat, Escola de Música Josélia Jantsch Ferla, e apoio cultural de Arruda Advogados, Clínica Dr. Wilson Dewes, Laboratório Lajeado, MSommer Produções e Sicredi.

Sobre o homenageado

Antônio Carlos Gomes Belchior nasceu em 1946, em Sobral, no Ceará e se aventurou em inúmeros festivais. Em 1972, a música Mucuripe, escrita em parceria com Fagner, tornou-se um sucesso nacional na voz de Elis Regina. Assim, abriram-se as portas para que Belchior se estabelecesse como um dos principais artistas brasileiros.

Em 2008, Belchior parou de fazer shows e sumiu, deixando os bens pessoais na residência que tinha em São Paulo. Acabou enfrentando processos trabalhistas e judiciais, e se tornou um foragido da polícia. Morreu em 30 de abril de 2017, em Santa Cruz do Sul, aos 70 anos.

Serviço

  • Show: Dead Masters, com tributo a Belchior
  • Data: 06/12
  • Horário: 19h
  • Local: Auditório do Sicredi, bairro São Cristóvão

Próximos shows

13/12: Evento de premiação

Acompanhe
nossas
redes sociais