ACI-E escolhe nova diretoria nesta terça

ENTREVISTA | FRENTE E VERSO

ACI-E escolhe nova diretoria nesta terça

Serão definidos conselho deliberativo e presidente para 2024

Por

ACI-E escolhe nova diretoria nesta terça
Bernardete Rissi, executiva da ACI-E (Foto: Diogo Fedrizzi)
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Em entrevista ao programa Frente e Verso, da Rádio A Hora, desta segunda-feira, 4, a executiva da ACI-E, Bernadete Rissi fala dos trabalhos desenvolvidos pela entidade. Destaque para a assembleia geral de eleição ao novo conselho deliberativo e presidente que ocorre nesta terça-feira, a partir das 18h45min, na sede da entidade.

“Abrimos o processo em setembro com a definição do colégio eleitoral. Recebemos a candidatura de uma única chapa que vai à eleição amanhã e esse processo foi alterado em 2019 com a mudança do estatuto.” Onze conselheiros pertencem a empresas que representam o município nas mais diversas áreas de atuação econômica, financeira, dentre outras.

Bernadete acrescenta que em 2019 foi feita a primeira eleição. O primeiro ciclo de quatro anos do conselho deliberativo, com presidente e vice, fecha neste ano.

Prioridade da entidade

Uma das demandas mais urgentes destacadas pela executiva é a busca por recursos para auxiliar os empresários atingidos pela cheia. “Estivemos reunidos com umas 15 pessoas da região, de Muçum e Roca Sales, porque precisamos continuar buscando ajuda. O Pronamp Solidário já não tem mais recursos e muitas pessoas ainda precisam de auxílio.”

A preocupação da ACI-E é que empresas não consigam recursos para retomar atividades e fechem as portas ou busquem alternativas em outras cidades. “A postergação do pagamento de tributos, recolhimento de FGTS, não são medidas que deixam o empresário tranquilo, ninguém tá pedindo nada de graça. Não queremos dinheiro a título de fundo perdido, a gente só queria realmente linhas de crédito para recomeçar e continuamos buscando uma série de outras formas para ajudar. O que tememos é que as empresas fechem as portas”.

Bernadete reforça o movimento do conselho junto à Federasul. “Outro assunto muito importante é a questão da majoração do ICMS. A ACI esteve em Porto Alegre, estamos tentando de todas as formas ajudar nossos empresários. Não imaginamos que vai melhorar a arrecadação aumentando o ICMS. Já perdemos empresas para Santa Catarina e vamos continuar perdendo se nada for feito”, desabafa.

Assista a entrevista na íntegra

 

Acompanhe
nossas
redes sociais