Município recebe projeto para interligação de parques

Um novo olhar sobre os bairros

Município recebe projeto para interligação de parques

Consolidação de parque linear que conecta diferentes espaços de lazer da cidade às margens do Arroio do Engenho é um desejo do Executivo, que busca formar parcerias com a iniciativa privada para viabilizar proposta

Por

Município recebe projeto para interligação de parques
Quadras recém-inauguradas na Décio Martins Costa estão inclusas na proposta de interligação de espaços de lazer (Foto: Bianca Mallmann)
Lajeado

Idealizado pela Tartan Arquitetura para conectar as diferentes áreas de lazer e contemplação da cidade, o projeto de interligação de três parques, que margeiam o Arroio do Engenho, foi repassado ao município. Agora, o objetivo do Executivo é formar parcerias com a iniciativa privada para viabilizar os investimentos necessários.

A entrega das vias impressas ocorreu em reunião no dia 1º. Mas as conversas com o município para consolidar essa conexão não vem de hoje, segundo a diretora da Tartan, a arquiteta e urbanista Camila Mirapalhete. Após um período sem avanços, a conclusão e entrega do Parque Ney Santos Arruda à comunidade, na orla do Rio Taquari, e a construção de quadras esportivas no chamado Parque Linear Engenho reacenderam o debate.

“Uma parte do parque foi feita e acabou surgindo a possibilidade de costurar uma parceria público-privada. E olhando o mapa da cidade, é fácil ver essas conexões. Por que não usarmos essa área junto ao curso d’água?”, frisa Camila, ao enfatizar também o potencial de Lajeado e a valorização do Arroio do Engenho.

Camila acredita que Lajeado pode se espelhar em bons exemplos de fora para viabilizar a iniciativa. “Usar os cursos de água para a transformação de parques lineares é algo muito presente no mundo. Também temos trilhos de trens, orlas de rios. A própria orla do Guaíba, em Porto Alegre, é um exemplo de área linear. E isso está caindo de maduro na cidade”.

Interligação

A proposta envolve quatro bairros de Lajeado – Centro, Hidráulica, Americano e São Cristóvão – e é dividida em setores. Pistas de caminhada, ciclovias e passarelas farão a ligação desde o Parque Ney Santos Arruda, passando pela Avenida Décio Martins Costa – onde hoje há um Parque Linear em execução –, o Parque do Engenho e a BR-386, até chegar ao Parque Piraí.

Além disso, segundo Camila, o projeto também integra o comércio e a gastronomia, também como forma de tornar o trajeto ainda mais atrativo. “São bolsões que se criariam ao longo do parque, pois isso traz maior vitalidade”.

Uma das dúvidas dentro da iniciativa é de como fazer a conexão pela BR-386. A profissional acredita em soluções inovadoras, que possam tornar Lajeado uma referência dentro do conceito de “cidade inteligente” e que conecta as diferentes localidades da cidade.

Quadras esportivas

Em paralelo às discussões sobre a interligação, o município de Lajeado também avança na consolidação da Décio Martins Costa como uma ligação entre os parques. Na sexta-feira passada, foram inauguradas as primeiras quadras esportivas que integram o complexo, fruto de projetos desenvolvidos pela Secretaria de Planejamento, Urbanismo e Mobilidade (Seplan).

Conforme o prefeito Marcelo Caumo, a segunda etapa de quadras contemplará espaços para a prática de basquete e basquete 3×3. Também há a construção da pista de skate. O município ainda negocia a compra de outros quatro terrenos. Para esta parte, os projetos são de quadras esportivas, pista de caminhada e de patinação.

Acompanhe
nossas
redes sociais