Custo de vida e acolhimento motivam o paraense deixar sua terra e residir em Lajeado

ENTREVISTA | Fora de Hora

Custo de vida e acolhimento motivam o paraense deixar sua terra e residir em Lajeado

Vinícius Dantas deixou sua terra natal, Belém do Pará em março deste ano. Ele comenta que no sul há mais receptividade

Por

Atualizado quarta-feira,
02 de Agosto de 2023 às 22:47

Custo de vida e acolhimento motivam o paraense deixar sua terra e residir em Lajeado
Entrevista com Vinícius Dantas no programa "Fora de Hora" (Foto: Caetano Pretto)
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

O paraense, Vinícius Dantas, mora em Lajeado desde março. Em sua participação no programa “Fora de Hora” desta quarta-feira, 2, ele compartilha sua experiência no sul do país.

A escolha por Lajeado, como moradia, se dá pela qualidade de vida e acolhimento das pessoas do Rio Grande do Sul. Ainda, o frio é um dos motivos para deslocar de Belém do Pará e Lajeado, distância d quase 4 mil quilômetros.

Em relação às diferenças entre as regiões, a primeira está o clima, em Belém do Pará, cita ele, 26 graus é considerado frio. O famoso “Bah” é a gíria mais marcante, sendo que em sua região, o “égua”, é equivalente.

Confira a entrevista na íntegra

Acompanhe
nossas
redes sociais