Idoso escoltado de Marques de Souza até Porto Alegre não recebe rim

desfecho frustrado

Idoso escoltado de Marques de Souza até Porto Alegre não recebe rim

Transplante foi feito a outro paciente à frente na fila de espera. Conforme a Santa Casa, procedimento seguiu protocolos. Três pacientes foram chamados para receber o órgão

Por

Idoso escoltado de Marques de Souza até Porto Alegre não recebe rim
Santa Casa de Porto Alegre (Foto: Rodrigo Gallas)

O idoso de 67 anos escoltado desde a BR-386, em Marques de Souza, até a Santa Casa de Porto Alegre pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na manhã desta terça-feira, 7, não recebeu o rim. O órgão foi doado a outra pessoa. O senhor era o terceiro na fila de espera.

LEIA MAIS: PRF escolta paciente para realizar transplante urgente em Porto Alegre

Na noite de segunda-feira, 6, ele recebeu ligação informando que um rim compatível com seu organismo havia sido doado. Porém, exames comprovaram que um dos primeiros pacientes na lista de prioridades poderia passar pelo transplante e acabou recebendo a doação.

De acordo com a Santa Casa, a fila de transplante tem diversos critérios. Neste caso, o órgão foi para paciente com maior urgência. A operação é realizada dentro de um prazo curto após o órgão ser retirado do doador. Por isso, não há tempo suficiente para chamar um paciente por vez para a realização dos exames de compatibilidade e três pessoas foram acionadas para o mesmo órgão.

Acompanhe
nossas
redes sociais