O Vale no Estado

Opinião

Rodrigo Martini

Rodrigo Martini

Jornalista

Coluna aborda os bastidores da política regional e discussão de temas polêmicos

O Vale no Estado

Por

Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

O Vale do Taquari está bem representado no alto escalão do governo do estado. Aliás, talvez seja a maior representatividade nas últimas décadas.

Além dos secretários estaduais de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Rafael Mallmann, de Meio Ambiente e Infraestrutura, Marjorie Kauffmann, e de Inovação, Ciência e Tecnologia, Simone Stülp, a região possui outros nomes designados para cargos estratégicos nas mais variadas pastas do Executivo estadual.

Nesta semana, por exemplo, a ex-deputada federal Márcia Scherer (MDB) foi oficializada como subsecretária de Direitos Humanos, Inclusão, Igualdade e Fraternidade. Mas há outros agentes já em atuação. E outros tantos na espera pela confirmação no Diário Oficial.

Jatir Radaelli, ex-prefeito de Relvado, atua como Diretor de Gestão Metropolitana na secretaria de Rafael Mallmann. Aliás, a pasta comandada pelo ex-prefeito de Estrela também empregou Henrique Mallmann e Cliver Fiegenbaum. Ex-prefeito de Teutônia, Jonatan Brönstrup segue como Chefe de Gabinete da Casa Civil, uma função pra lá de estratégica aos anseios do Vale do Taquari.

Mareli Vogel também será mantida neste segundo mandato de Eduardo Leite (PSDB). Ela segue na Casa Civil, mas com possibilidade de migrar para a Secretaria Estadual de Turismo. E uma informação de última hora. Ex-prefeito de Arvorezinha, José Scorsatto (PDT) deve assumir a presidência da Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS).


Insolação e turno único

O governo de Estrela institui turno único de seis horas diárias na Secretaria Municipal de Infraestrutura, “a ser cumprido no horário compreendido das 7h às 13h, de segunda a sexta-feira, para os servidores que realizam suas funções de maneira permanente ao céu aberto”. A medida passou a valer no domingo, com vigência de 15 dias (com possibilidade de prorrogação). Na justificativa, o “alto risco de insolação devido ao clima de verão”, “a redução de custos” e o “aumento de produtividade dos servidores municipais”.


Bolsonaro reaparece

Jair Bolsonaro repareceu na terça-feira, em seu primeiro evento público desde que deixou o Palácio do Planalto e se “refugiou” em Orlando, nos Estados Unidos. O ex-presidente falou durante um evento organizado pelo grupo Yes Brazil USA. O espaço destinado ao público lotou. Entre os presentes, o jornalista e blogueiro Allan dos Santos. Os ingressos custaram de US$ 10 a US$ 50. no discurso, Bolsonaro provocou o seu sucessor. “Pode ter certeza, em pouco tempo teremos notícias. Por si só, se este governo continuar na linha que demonstrou nesses primeiros 30 dias, não vai durar muito tempo.” Ele também garantiu que, aos 67 anos de idade, seguirá “ativo na poĺitica”.


Novidade no Centro Antigo

Um bar aberto recentemente no centro antigo de Lajeado tem chamado a atenção de quem passa pelas proximidades. Localizado na Rua Silva Jardim, quase ao lado da Associação Comercial e Industrial (Acil) e em frente ao Laboratório de Inovação Governamental e Social (Labilá), o novo empreendimento tem um nome pra lá de curioso: Bar do Lula. E o nome possui um complemento ainda mais inusitado: Junto com o povão. A novidade certamente já despertou a curiosidade (e a sede) em alguns boêmios mais politizados.


9,6 mi à Central de Polícia

O governo de Lajeado reapresentou ao governador Eduardo Leite (PSDB) o projeto da nova Central de Polícia. O encontro ocorreu na terça-feira, e reuniu o Marcelo Caumo e a vice-prefeita, Gláucia Schumacher, talém dos secretários da Seplan, Giancarlo Bervian, da Segurança Pública (Sesp), Paulo Locatelli Gandin, o Secretário de Segurança Pública do Estado, Sandro Caron de Moraes, o Chefe de Gabinete do Governador, Euclides Maria da Silva Neto, e os delegados Antônio Carlos Pacheco Padilha, Shana Luft Hartz e Fernando Antônio Sodré de Oliveira.

LEIA TAMBÉM: Lajeado apresenta projeto da Central de Polícia ao Estado

A Central será erguida no São Cristóvão e abrigará cinco delegacias: Pronto Atendimento (DPPA); Delegacia Regional de Polícia; Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher; Delegacia de Polícia Distrital; e Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (DRACO). O projeto prevê 2,8 mil m² de área construída, em quatro pavimentos. O próximo passo será a análise e aprovação do setor jurídico do Estado para futuro encaminhamento da obra. A construção da nova Central de Polícia ficará a cargo do Governo do Estado. E o orçamento é de R$ 9,6 milhões.


TIRO CURTO

• Antiga sede da Secretaria de Habitação e Assistência Social (Sthas) de Lajeado, a casa localizada na esquina da Rua Saldanha Marinho com João Abott foi utilizada pelo governo municipal em uma permuta pela sede do prédio da Acvat. Diante disso, o novo proprietário deve receber o imóvel nos próximos dias. Por consequência, a Aslivata, que hoje funciona no local, precisa de nova sede.

• A Associação Amigos do Cristo Protetor de Encantado informa que o complexo estará aberto para visitações nesta quinta-feira. A novidade ocorre em função do feriado de Nossa Senhora dos Navegantes, celebrado em diversas cidades.

• “Agora eu e Lula somos sócios”, avisa o ex-ministro de Transporte e e Infraestrutura e atual governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos). A declaração ocorreu durante evento de agronegócio promovido pela XP Investimentos. “Para o Brasil ir bem, São Paulo tem que ir bem”, reforçou o aliado do ex-presidente Jair Bolsonaro.

• A estudante de jornalismo (e estrelense) Mariana Wermann assumiu cargo de assessora especial na Secretaria Estadual de Habitação e Regularização Fundiária.

• Com a possível confirmação dos recursos à nova Central de Polícia, o governo de Lajeado já pensa em como utilizar o imóvel da atual sede da Delegacia de Polícia, localizada na esquina das ruas Santos Filho e João Abott. A intenção é usar a área para ampliação do Parque dos Dick.

Acompanhe
nossas
redes sociais