Conclusão de UTI ainda precisa de R$ 1,8 milhão

ARROIO DO MEIO

Conclusão de UTI ainda precisa de R$ 1,8 milhão

Líderes empresariais e políticos buscam auxílio financeiro para equipar e credenciar dez leitos junto ao Ministério da Saúde

Por

Conclusão de UTI ainda precisa de R$ 1,8 milhão
A estrutura de 400 metros quadrados foi erguida acima do bloco cirúrgico. Meta é iniciar internações ainda em 2023. Crédito: Divulgação
Arroio do Meio
Gustavo Adolfo 03

A operação dos dez leitos da Unidade de Terapia Intensiva do Hospital São José depende de equipamentos, equipe profissional e credenciamento junto ao Ministério da Saúde e Secretaria Estadual. A direção da casa e líderes empresariais buscam os recursos finais para conclusão da última etapa.

Nesta semana uma comitiva formada por empresários, integrantes da Associação Comercial e Industrial (Acisam) e políticos foi até o governador em exercício, Gabriel Souza, solicitar recurso para conclusão do projeto. O processo perdura por mais de 10 anos. A intenção é que, ao longo de 2023, sejam liberados valores para a finalização dos leitos. A solicitação do hospital é que os recursos complementares do Estado estejam entre R$ 400 mil e R$ 500 mil em uma das futuras ações do programa Avançar Saúde.

Em 2022, houve por parte do Estado a liberação de R$ 840 mil, porém, de acordo com o presidente da comissão pró-UTI, Joner Frederico Kern, restam ainda R$ 1,8 milhão para equipar a estrutura física que foi concluída e inaugurada. Restaria ainda o credenciamento junto ao Ministério da Saúde e a montagem de uma equipe profissional com médicos especializados.

Com isso, caberia também ao Ministério o auxílio na manutenção de leitos, pois algumas internações serão feitas pelo Sistema Único de Saúde (SUS).
Para compor os valores que faltam, por parte do governo municipal, existe o anúncio feito de R$ 400 mil. Outros R$ 600 mil serão empenhados através de emendas parlamentares. De 2020 para cá, foram investidos cerca de R$ 3 milhões oriundos de doações comunitárias e recursos públicos. A obra física foi inaugurada em maio de 2022.

A estrutura

A UTI conta com 400 metros quadrados, terá dez leitos para adultos e foi construída no segundo andar, acima do bloco cirúrgico do hospital e da central de material esterilizado.

Toda a construção iniciou em 1º de maio de 2020 intermediada pela Comissão Pró-UTI, que liderou campanhas de arrecadação para viabilizar a estrutura. Com os leitos intensivos, a intenção da direção é consolidar o São José como referência.

O hospital atende 37 municípios da região na área da urologia e ginecologia e a área vascular, ortopédica e otorrino. Estimativa é que até 170 pacientes possam ser atendidos por ano na UTI, o que evitaria as transferências para outros hospitais, causadas pela falta de leitos intensivos.

Acompanhe
nossas
redes sociais