Amizade de duas empreendedoras é o segredo por trás da SC Contabilidade

Lajeado Empreendedora

Amizade de duas empreendedoras é o segredo por trás da SC Contabilidade

Liderada por ngela Maria Stroher e Vanessa Kollet, empresa abriu as portas em 2011 e hoje conta com cerca de 250 clientes espalhados em diversos pontos do país

Por

Atualizado segunda-feira,
23 de Janeiro de 2023 às 10:38

Amizade de duas empreendedoras é o segredo por trás da SC Contabilidade
Ângela Maria Stroher e Vanessa Kollet têm certeza que afeto que as une é a essência de suas jornadas empreendedoras. (Foto: J. J. Silva)
Lajeado
Gustavo Adolfo 03

Empreender é compreender a demanda do mercado e entregar soluções. Empreender no setor da contabilidade, por exemplo, é algo que exige completa dedicação e uma entrega precisa para o cliente. Por isso, o crescimento de uma empresa nessa área é fruto de um trabalho complexo, mas realizador para quem o faz. É o que dizem as sócias da SC Contabilidade, fundada em 2011, Ângela Maria Stroher e Vanessa Kollet que se apaixonaram pela área desde que a conheceram.

Natural de Lajeado, Ângela conseguiu seu primeiro emprego logo que saiu do CEAT, aos 17 anos. O pai, então funcionário público, pediu apoio a um amigo, que a empregou em uma empresa de contabilidade. Enquanto isso, Vanessa nasceu em Arroio do Ouro, no interior de Estrela, e também conseguiu seu primeiro emprego na área. Ao concluírem que o setor era apaixonante, ambas se graduaram na área e deram sequência a jornadas que, por fim, se cruzariam.

No ano de 1999, Ângela completava dois anos numa empresa da cidade, quando percebeu que precisava mudar de ares. Para seu lugar, Vanessa foi contratada. Desta forma, as duas se conheceram – e por um período, enquanto Ângela treinava Vanessa para o cargo, estreitaram seu vínculo. A amizade construída continuou por anos a partir dali. “A gente se completava muito bem e mantinha uma admiração mútua muito grande”, complementa Vanessa.

Em 2011, Ângela compreendeu que havia chegado a um teto dentro de sua experiência profissional. Depois de tantos anos na empresa, qualquer mudança de emprego não seria o suficiente para entregar algo novo para ela. Desta forma, chegou à conclusão: era hora de empreender. “Encarar sozinha esse negócio era um desafio muito complexo que eu não conseguia imaginar. Eu precisava de um apoio. Por isso, convidei a Vanessa para ser minha sócia. Ainda bem que ela aceitou”, conta.

No início, a empresa se estabeleceu num escritório de 25 metros quadrados. Enquanto Ângela ficava no espaço, Vanessa continuou no antigo emprego. Essa rotina se manteve nos primeiros anos, enquanto tiveram apenas dois clientes. “O que nos define como sócias é nossa resiliência. A gente nunca teve medo de desafios. Isso desde o nosso início. Nunca caiu nada pronto pra nós. Quanto maior o desafio, mais a gente gosta e acaba subindo nossa régua”, analisa Vanessa.

O trabalho rendeu frutos, a empresa cresceu e conta hoje com cerca de 250 clientes em seis estados do Brasil. “Nosso cliente tem que estar bem para que nós estejamos bem. Números contam, mas o relacionamento é que faz a diferença”, conclui Ângela, convicta de que o afeto que as une é a essência de suas jornadas empreendedoras.

Assista ao vídeo exclusivo:

Ouça o quadro na programação da Rádio A Hora 102.9:

 

Acompanhe
nossas
redes sociais