Parque Usina de Putinga fomenta turismo e poderá gerar energia

ENTREVISTA

Parque Usina de Putinga fomenta turismo e poderá gerar energia

Complexo já funciona parcialmente e registra aumento de visitantes. Prefeito projeta revitalizar trilha e reativar hidrelétrica

Por

Parque Usina de Putinga fomenta turismo e poderá gerar energia
Prefeito Paulo Sérgio Lima dos Santos (Foto: Rodrigo Gallas)
Putinga
Gustavo Adolfo 2 - Lateral vertical - Final vertical

Um complexo turístico promete movimentar Putinga nos próximos anos. O Parque Usina de Putinga já funciona parcialmente, conforme explica o prefeito Paulo Sérgio Lima dos Santos, em entrevista ao programa Frente e Verso, da Rádio A Hora 102.9.

O parque de máquinas foi revitalizado e é possível visualizar a estrutura utilizada desde os seus primórdios em conjunto a uma exposição com linha do tempo, fotografias de época e depoimentos de pessoas ligadas à história do local.

Também há um espaço multiuso, com perspectiva do visitante sobre o território onde está localizada a usina, além de um chimarródromo. De acordo com o prefeito, o local registra aumento de visitantes. Ele lembra que o município fica no caminho de quem vem do norte do estado para visitar o Cristo Protetor.

Santos diz que o próximo passo é instalar uma cafeteria e revitalizar a trilha que passa sobre a antiga tubulação da usina, entre outros pontos. A caminhada interligará todo o parque. “O projeto arquitetônico já está pronto. Faltam recursos.”

A longo prazo, projeta-se a reativação da hidrelétrica. Para isso, é preciso de investimento da iniciativa privada e diversas liberações de órgãos reguladores. “Existe a viabilidade. Já houve conversações.”

Na entrevista o prefeito ainda falou de projeto que visa qualificar a agricultura, o “Minha propriedade, minha empresa”. A intenção também é segurar os jovens na cidade com o projeto.

O município perdeu cerca de 9% da população entre os levantamentos do Censo. Em 2010 eram 4.086 habitantes. No levantamento prévio divulgado na semana passada o índice caiu para 3.710.

Assista a entrevista na íntegra

Acompanhe
nossas
redes sociais