Prefeitura de Lajeado lança novidade na plataforma Seplan Digital

Tecnologia

Prefeitura de Lajeado lança novidade na plataforma Seplan Digital

Agora a abertura de protocolos para aprovação de projetos poderá ser feita pelo site

Por

Prefeitura de Lajeado lança novidade na plataforma Seplan Digital
(Foto: Divulgação)
Lajeado
Gustavo Adolfo 2 - Lateral vertical - Final vertical
Com o objetivo de modernizar e tornar mais eficiente o processo de aprovação de projetos arquitetônicos e de construção, a Prefeitura de Lajeado, por meio da Secretaria de Planejamento e Urbanismo (Seplan), apresenta uma nova etapa da plataforma Seplan Digital, criada em abril de 2020. Agora, a abertura de protocolos para aprovação de projetos poderá ser feita pela página da Prefeitura de Lajeado, assim como o acompanhamento dos processos.
O sistema da Seplan Digital funciona como uma ferramenta online de solicitação de análise de projetos Unifamiliares (com uma casa por lote) e Multifamiliares de até 4 unidades (4 sobrados ou 4 casas geminadas), ou solicitação de Habite-se e ligação de água, luz e definição do número da edificação. No modelo anterior, cada protocolo deveria ser encaminhado por e-mail ou entregue pessoalmente na secretaria. O novo formato do sistema permite que o interessado crie um usuário e senha e acompanhe seus pedidos de forma online, na hora e local que desejar.
Segundo o secretário da pasta, Giancarlo Bervian, o novo sistema traz praticidade e transparência. “Cada usuário poderá acessar os arquivos que serão assinados digitalmente e ficarão salvos no servidor. Além disso, eles poderão fazer as solicitações sem precisar vir até a secretaria”, explica.
O secretário adianta que estão previstas duas novas modificações na ferramenta a partir de março. A primeira mudança, intitulada “Projeto Simplificado – Fase I” será destinada a projetos unifamiliares e multifamiliares para análise dos itens relacionados ao Plano Diretor através de planta de localização e situação e tabela de controle, condições do lote e registro de edificações. A segunda novidade chamada “Projeto Simplificado – Fase II” será destinada a edifícios multifamiliares, mistos, comerciais e industriais.