Opinião

Bibiana Faleiro

Bibiana Faleiro

Jornalista

Toda dor virou coragem
Amigos que vem e vão
Idade certa para quem?
Desde a primeira vez, amor
O que esperam de nós?
Nem muito, nem pouco, tempo suficiente
Saudade do que ficou pra trás
Pra sempre nossas mães
Viver é, também, mudar
Pais e filhos
Em busca da macela
Uma música, tantas memórias
Medo e coragem lado a lado
Cheiro de chuva,  sinal de esperança
A mulher brasileira em toda a sua cor
A fraqueza e a sensibilidade
1 2 3 4