“É preciso funcionalidade, sinalização e manutenção”, ressalta Renata Galiotto

ENTRE ASPAS

“É preciso funcionalidade, sinalização e manutenção”, ressalta Renata Galiotto

Empresária da área de medicamentos cobra dos órgãos reguladores eficácia nas estradas que conectam a região

Por

“É preciso funcionalidade, sinalização e manutenção”, ressalta Renata Galiotto
Empresária Renata Galiotto, durante o comentario desta terça-feira, 11. Foto: Diogo Fedrizzi
Encantado
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

No comentário desta semana, a empresária Renata Galiotto aborda ineficiência das rotas de desvio que ligam a região alta a BR-386. No compreendimento da empresária, isso é um descaso com o sofrimento das pessoas e seus compromissos.

Galiotto cobra dos órgãos reguladores a sinalização e a funcionalidade das estradas. “Não é simplesmente fazer um desvio e anunciar que só trafegam veículos leves, é preciso funcionalidade, sinalização e manutenção”, ressalta a empresária.

A comentarista pondera que o estado depende da geração de rendas para arrecadação de impostos e que a ineficiência das rotas de desvio, impendem uma logística eficaz. Para finalizar, ela questiona como as empresas vão conseguir se manter, se há dificuldade em se chegar com os materiais necessários para a concretização dos artefatos.

Confira comentário na íntegra

Acompanhe
nossas
redes sociais