Há 50 anos, a Igreja Evangélica de Lajeado

Opinião

Raica Franz Weiss

Raica Franz Weiss

Há 50 anos, a Igreja Evangélica de Lajeado

Por

Vale do Taquari
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

A história da Comunidade Evangélica de Lajeado iniciou junto ao Colégio Evangélico Alberto Torres (Ceat). A então chamada Escola Paroquial Evangélica foi fundada em 1892, um ano depois da emancipação de Lajeado.

Naquele tempo, a única igreja evangélica da cidade funcionava no atual bairro Conventos, colonizado desde a década de 1860 e localizado a quilômetros de distância. Foi em 1895 que cerca de 30 famílias fundaram a Comunidade Evangélica de Lajeado, no Centro da cidade, próximo à escola. A primeira igreja, construída na rua Júlio de Castilhos, só foi inaugurada em 1899, quando a comunidade se separou do núcleo de Conventos.

Um cemitério mais próximo também foi necessário. Assim, em 1902, um terreno foi doado nos confins da rua Júlio de Castilhos, distante do curso hídrico do Arroio do Engenho para não contaminar a água. Mais de 120 anos depois, o cemitério evangélico está localizado bem no centro da cidade, no encontro de duas grandes avenidas.

Em 1928, a torre da Igreja Evangélica foi anexada à pequena capela no Centro. A torre foi projetada pelo alemão Gerhard Reeps, fundador dos Móveis Reeps em Lajeado. Com o tempo, foi necessário ampliar a igreja e, em 1974, foi inaugurada a atual IECLB, na rua Alberto Torres. A torre ainda permanece no mesmo local.

Por quase 50 anos, essa foi a Igreja Evangélica de Lajeado, na rua Júlio de Castilhos

 

A primeira capela, erguida em 1899, no mesmo local onde hoje fica a torre da Igreja Evangélica, na Júlio de Castilhos

A nova igreja foi inaugurada em 1974, na rua Alberto Torres.
A antiga capela foi demolida e somente a torre foi preservada. A velha escadaria de acesso também foi tirada da rua

A nova igreja foi inaugurada em 1974, na rua Alberto Torres. A antiga capela foi demolida e somente a torre foi preservada. A velha escadaria de acesso também foi tirada da rua

Há 20 anos… Luta por asfalto em Forquetinha

Mais de 400 pessoas se reuniam em frente à Escola João Batista de Mello para protestar contra a demora no asfaltamento da RS-421. A rodovia era uma ligação importante entre os municípios de Boqueirão do Leão, Sério e Forquetinha até a BR-386, em Conventos, Lajeado. A obra já tinha sido anunciada há sete anos, mas não tinha sequer iniciado. A RS-421 terminou de ser asfaltada somente em maio de 2021, quase 20 anos depois.

 

Sábado é 

  • Dia Mundial dos Pais
    Dia da Imprensa
    Dia Mundial do Leite

Santo do dia 1º:

  • São Justino

Domingo é

  • Dia Internacional da Prostituta

Santo do dia 2:

  • São Carlos Lwanga

Acompanhe
nossas
redes sociais