Idosa é violentada por cerca de 10h em Venâncio Aires

POLÍCIA

Idosa é violentada por cerca de 10h em Venâncio Aires

Caso é tido como prioridade pela polícia e aconteceu no fim de semana no interior

Por

Idosa é violentada por cerca de 10h em Venâncio Aires
Delegado Schirrmann é o responsável pela investigação do caso
Venâncio Aires
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Um caso emblemático passou a ser prioridade para a Polícia Civil de Venâncio Aires. Um jovem, de 32 anos, é acusado de agredir e violentar uma idosa por 10h seguidas no interior de Venâncio Aires. A mulher possui diversos hematomas no corpo, mas principalmente no rosto. Outras marcas estão explícitas nas costas, braços e pernas.

O caso aconteceu no fim de semana, mas nesta terça-feira, 28, foi tornado público quando a mulher foi conduzida, por dois agentes do Setor de Investigações, para exame de corpo de delito em Santa Cruz do Sul. A expectativa é de que nas próximas horas o caso já possa ser remetido para a Justiça.

A investigação é conduzida pelo delegado titular da Delegacia de Polícia, Paulo Cesar Schirrmann e o indivíduo já estaria identificado. O suspeito tem antecedentes policiais e já esteve recolhido na Penitenciária Estadual de Venâncio Aires por tentativa de feminicídio. A idosa é natural do Vale do Taquari, mas reside agora no interior, em uma localidade cerca de 20km do centro da Capital do Chimarrão

Acompanhe
nossas
redes sociais