Venâncio Aires estima R$ 5 mi para destinação de entulho da enchente

CHEIA NO VALE

Venâncio Aires estima R$ 5 mi para destinação de entulho da enchente

Transporte inicia nesta semana para aterro definitivo no município de Minas do Leão

Por

Venâncio Aires estima R$ 5 mi para destinação de entulho da enchente
Foto: divulgação
Venâncio Aires
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

O Município de Venâncio Aires é destaque no recolhimento e destinação de resíduos da enchente. Menos de duas semanas após o primeiro evento que assolou os municípios do Vale do Taquari, um levantamento aponta que apenas a Capital do Chimarrão conseguiu iniciar a força-tarefa de limpeza, recolhimento e destinação final dos entulhos.

O relatório encaminhado para a Defesa Civil Nacional aponta que o município atuou com equipamentos próprios e terceirizados no recolhimento de 187 toneladas de resíduos na área urbana da cidade e projeta outras 513 toneladas para a área rural. De acordo com a secretária do Meio Ambiente de Venâncio Aires, Carin Gomes, dez equipes atuaram na primeira etapa de limpeza: sete caminhões-garra contratados, equipe da limpeza urbana, homens do Exército e uma escavadeira para organização dos entulhos na área de depósito temporário. “Agora já organizamos o transbordo para o aterro definitivo, em local licenciado no município de Minas do Leão. O transporte inicia nesta semana”, explica a secretária.

Para o recolhimento e destinação final dos resíduos, a Administração Municipal calcula que serão investidos aproximadamente R$ 5 milhões que não estavam previstos no orçamento. “É também pelo custo e complexidade desta destinação que a maioria dos municípios do Vale do Taquari, apenas em janeiro e fevereiro deste ano, após um convênio com o Estado, conseguiram iniciar a destinação dos resíduos das enchentes de setembro e novembro. O que estamos fazendo é priorizar essa limpeza e reconstrução e buscar posteriormente o ressarcimento pela Defesa Civil”, esclarece o prefeito Jarbas da Rosa.

Em reunião com as Defesas Civis da região, na segunda-feira, 13, em Lajeado, Venâncio Aires foi case na condução dos trabalho de recolhimento e destinação dos resíduos de enchentes e deve servir de modelo para aquelas cidades que não pretendem aguardar pelos convênios do Estado e União para recolhimento dos entulhos.

Acompanhe
nossas
redes sociais