Cheia atinge pico na madrugada e se torna a sexta maior da história

VALE DO TAQUARI

Cheia atinge pico na madrugada e se torna a sexta maior da história

As águas do Taquari voltaram a subir no fim de semana e às 5h30min desta segunda-feira atingiu o pico de 27,78 metros. Maior enchente registrada na região até o momento foi em 2 de maio de 2024, marca que ultrapassou a cheia de 1941

Por

Atualizado segunda-feira,
13 de Maio de 2024 às 10:16

Cheia atinge pico na madrugada e se torna a sexta maior da história
Foto: Felipe Neitzke

O nível do Rio Taquari atingiu o pico de 27,78 metros às 5h30min desta segunda-feira, 13, e se tornou a 6ª maior cheia da história do Vale do Taquari. Foram quase 9m acima do nível de inundação. 

Até o início deste mês, a maior enchente tinha sido registrada em 1941, quando o nível do rio chegou aos 29,92m. Mas o dia 2 de maio deste ano superou a marca ao atingir 33,35m e se configurar, também, como a maior tragédia da região. 

O Vale não havia se recuperado da primeira cheia do mês quando as águas começaram a subir outra vez no sábado, 11. Especialistas calcularam que o nível do Taquari poderia chegar a 28 metros na madrugada desta segunda-feira, 13, e atingir os 29,49m às 11h. Com menos chuva a partir da noite de domingo, 12, o rio estabilizou às 5h30min e começou a baixar. Na leitura seguinte, às 6h30min, estava em 27,74m.

Em Santa Tereza, região alta, o nível máximo ocorreu no início da noite de domingo, 12. Às 18h30min, chegou a 18,97m. Já na leitura das 5h45min, estava em 16,57m, redução de 2,4m.

Maiores enchentes no Vale

2 de Maio de 2024 – 33,35m*

Maio de 1941 – 29,92m

Setembro de 2023 – 29,62m**

Novembro de 2023 – 28,94m

Abril de 1956 – 28,86m

13 de Maio de 2024 – 27,78m (ENCHENTE ATUAL)

Janeiro de 1946 – 27,40m

Julho de 2020 – 27,39m

Setembro de 1954 – 27,35m

Outubro de 2001 – 26,95m

Julho de 2011 – 26,85m

Outubro de 2008 – 26,65m

*Medição conforme dados do Governo de Lajeado
**Medição conforme dados do Governo de Estrela.
Demais dados são do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) da engenheira ambiental Sofia Moraes.

Acompanhe
nossas
redes sociais