Mato Leitão apresenta o primeiro roteiro turístico de sua história

CULTURA E TURISMO

Mato Leitão apresenta o primeiro roteiro turístico de sua história

‘Nossas riquezas e nossas divisas’ possui entre os destaques casarões históricos

Por

Mato Leitão apresenta o primeiro roteiro turístico de sua história
Foto: Assessoria de Imprensa/Divulgação.
Mato Leitão
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

A administração municipal de Mato Leitão está em fase de estruturação do seu primeiro roteiro turístico em seus 32 anos de emancipação política-administrativa. O roteiro ‘Nossas riquezas e nossas divisas’ tem duração inicial de aproximadamente 2h e percorre cidade e interior. Além disso, Mato Leitão é reconhecida por lei estadual como a Cidade das Orquídeas.

Dentre os destaques iniciais do roteirão estão casarões históricos edificados em Vila Sampaio e Linha Sampaio Baixo. Muitos já são centenários e em estilo enxaimel. Uma das casas históricas contempladas no passeio é de propriedade da família Heisler e completou 100 anos de edificação em 2024.

O município faz limite com Venâncio Aires, Santa Clara do Sul e Cruzeiro do Sul e é tido como o oitavo menor em extensão territorial do Rio Grande do Sul. “Estamos ladeados pelas montanhas da Serra Geral e por meio desse projeto conseguimos valorizar nossas riquezas e conquistas. O roteiro turístico reforça o que temos de melhor”, destaca a secretária de Educação, Cultura e Desporto, primeira-dama Vera Bohn.

O roteiro inicial já contemplou 200 pessoas, mas foi voltado para alunos, professores e autoridades locais. Além de percorrer localidades, são destacadas ainda características do setor primário, natureza, história das famílias e entidades.

Foto: Assessoria de Imprensa/Divulgação

Novo projeto

Depois de garantir dinheiro, a partir do Governo do Estado que confirmou a liberação da verba de R$ 150 mil, está em fase final a questão burocrática para iniciar a edificação do Parque Jardim das Orquídeas, defronte ao novo prédio do Centro Administrativo de Mato Leitão.

Mais do que fortalecer as opções turísticas, a ação garante novos espaços de lazer com escultura alusiva a flor orquídea, vias de circulação, escadaria em curva, esplanada, espelho d’água e ajardinamento. Ainda na área ao redor do novo Centro Administrativo será criado um orquidófilo municipal, trilhas ecológicas ao redor de lados e quadras esportivas.

Acompanhe
nossas
redes sociais