Artistas elogiam receptividade no Sesc Circo, em Lajeado

ENTREVISTA | O VALE EM PAUTA

Artistas elogiam receptividade no Sesc Circo, em Lajeado

Irmãos André Sabatino e Martin Sabatino acumulam 30 anos de experiência na arte circense, o que inclui performances em diversos países da Europa. Contudo, eles reconhecem o caloroso acolhimento do público do sul brasileiro como um dos mais marcantes da trajetória

Por

Artistas elogiam receptividade no Sesc Circo, em Lajeado
Irmãos André Sabatino e Martin Sabatino (Foto: Rodrigo Gallas)
Lajeado
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Os irmãos André Sabatino e Martin Sabatino possuem 30 anos de carreira em arte circense, com diversas passagens pela Europa, mas destacam o acolhimento do público do sul como um dos melhores

Filho de um médico e de uma pedagoga, os irmãos André Sabatino e Martin Sabatino, se encantaram pelo mundo circense quando crianças, por meio de uma visita em um circo que estava na cidade. “Aquelas cenas ficaram na nossa memória, no nosso inconsciente e quando mais velhos, percebemos que era isso que a gente queria fazer”, diz Martin Sabatino.

Durante o programa O Vale em Pauta, desta quarta-feira, 10, os irmãos André Sabatino e Martin Sabatino, participaram do programa para falarem sobre a carreira e as apresentações no Sesc Circo em Lajeado.

André explica que ambos encontraram esse sonho ainda na infância e nesse período realizaram ginástica artística, como esporte. Porém, foi durante a graduação, onde ele cursou educação física e o irmão Martin esporte, que eles tiveram um contato maior com a ginástica circense e a partir disso começaram a se profissionalizar.

Com 30 anos de atuação em circo, com tours pela Europa e participação na criação do espetáculo novo do Cirque du Soleil, Martin ressalta a relação entre sonho, trabalho e as necessidades materiais, que se tornam um grande desafio e a necessidade de estudo constante. “É preciso pesquisar, se profissionalizar e ser bom naquilo que se faz. Quando você é bom, as pessoas gostam, se você faz com sonho e amor, as pessoas se atraem”.

A dupla possui a proposta de emocionar e surpreender, mediante um show com música ao vivo, atuação e acrobacias, performando uma história com emoção, enredo e contexto.

Em relação às apresentações no estado, eles ressaltam que participam do Sesc Circo pela terceira vez e que é sempre uma alegria estar de volta. André diz que percebe que o público do Sul gosta tanto do que eles fazem, que gostam da linguagem utilizada. Martin vai ao encontro da fala do irmão e complementa: “Ontem o público estava gostoso, receptivo à nossa comunicação. São participativos, educados e inteligentes.”

Assista a entrevista na íntegra

Acompanhe
nossas
redes sociais