Prefeitura de Lajeado une serviços e cria Farmácia Municipal

SAÚDE

Prefeitura de Lajeado une serviços e cria Farmácia Municipal

Previsão é de que o espaço comece a funcionar a partir de maio

Por

Prefeitura de Lajeado une serviços e cria Farmácia Municipal
O espaço ficará na avenida Benjamin Constant, número 2.718 (Edifício Tritec), no bairro Florestal, próximo às Câmaras Mortuárias e à rodoviária Foto: divulgação
Lajeado
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

A Prefeitura de Lajeado, por meio da Secretaria de Saúde (Sesa), reunirá os serviços de medicamentos e criará uma nova Farmácia Municipal. O novo local abrigará a atual Farmácia Escola, a farmácia Medicamentos do Estado e a criação da Farmácia Solidária. O espaço ficará na avenida Benjamin Constant, número 2.718 (Edifício Tritec), no bairro Florestal, próximo às Câmaras Mortuárias e à rodoviária. A previsão é de que o espaço comece a funcionar a partir de maio.

A Farmácia Escola e a farmácia Medicamentos do Estado já têm atendimento conjunto desde as enchentes históricas de 2023, na rua Júlio de Castilhos, número 229, bairro Centro. Agora, para centralizar os serviços, a Sesa buscou um novo espaço de fácil acesso para a população e em área não alagável.

Conforme o secretário de Saúde, Cláudio André Klein, a sala do Florestal passa por reforma e adequação para receber os novos serviços.

“Vamos levar as farmácias para um espaço ainda mais adequado e que tenha a possibilidade de unir os serviços. Neste espaço teremos em comum a Farmácia Municipal com todos os medicamentos da lista do município, os Medicamentos Controlados, a farmácia Medicamento do Estado, a Farmácia Solidária, que é um projeto novo para a cidade, e Medicamentos Manipulados, parceria que temos com o curso de Farmácia da Univates. Neste novo espaço priorizamos o acesso da população, agilização na entrega dos medicamentos e a localização. Ele fica próximo da rodoviária e em um dos principais acessos do município, o que facilita ainda mais para a população” explica o secretário.

Farmácia Solidária

No local, a Sesa também estuda a criação e implementação do Programa Solidare – Farmácia Solidária, da Secretaria Estadual da Saúde. Pelo programa, o local recebe a doação de medicamentos que deixaram de ser usados mas estejam válidos e em embalagem original, por parte da população, de clínicas, de profissionais da saúde e de empresas e, depois de passarem por triagem e avaliação, serão distribuídos de forma gratuita à população que precisar e tiver prescrição.

O público beneficiado será formado por pessoas atendidas via SUS ou com renda familiar de até três salários-mínimos, caso a receita seja de atendimento particular.

Acompanhe
nossas
redes sociais