Estrela prepara Dia D de vacinação contra gripe neste sábado

Campanha Nacional

Estrela prepara Dia D de vacinação contra gripe neste sábado

Ação terá imunização para a Influenza restrita a grupos prioritários, mas será aberta para outras doenças e vacinas de rotina

Por

Estrela prepara Dia D de vacinação contra gripe neste sábado
Dia “D” de vacinação ocorrerá neste sábado, 13, no Posto Central. (Fotos: arquivo/Rodrigo Angeli/Governo de Estrela)
Estrela
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Iniciada em todo o País no último dia 25, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe Influenza terá agora a realização do “Dia D”, agendado para ocorrer em boa parte do território, no próximo sábado, 13. Em Estrela, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) já acertou como funcionará a dinâmica do especial dia de mobilização, que também contará com a imunização contra outras doenças e vacinas de rotina.

A estimativa é que 75 milhões de pessoas sejam imunizadas em todo o País. Em Estrela a expectativa é de 13,8 mil pessoas até o fim da campanha. Mais de 1.6 mil já se imunizaram.

A estratégia não muda muito em relação ao modelo do ano passado e outras ações emergenciais, que trouxeram bons resultados. A ação será centralizada na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Bairro Central, ou posto Central como é popularmente conhecido, e ocorrerá das 8h às 12h. A vacinação específica contra a Gripe Influenza seguirá restrita aos grupos prioritários. Por outra lado, a população em geral pode buscar a imunização contra a Covid, HPV e outras doenças, assim como realizar as vacinas de rotina, principalmente as infantis.

O Programa Nacional de Imunizações (PNI) é uma iniciativa do governo brasileiro criada em 1973 com o objetivo de controlar, eliminar e erradicar doenças por meio da vacinação em massa da população. A campanha anual de vacinação contra a gripe, tem como objetivo principal proteger os grupos mais vulneráveis contra as complicações decorrentes da infecção pelo vírus influenza, entre estes idosos, crianças, gestantes, profissionais de saúde e pessoas com comorbidades.

Locais e horários

Tradicionalmente, a vacinação da Influenza ocorre semanalmente em:

  • Unidades Básicas de Saúde (UBS) Central e Boa União: vacinação para todos os públicos, no horário das salas de vacina. No Central das 8h às 16h, e no Boa União das 8h às 15h.
  • Imigrantes e Auxiliadora: será destinado a pessoas com mais de 4 anos.
  • No SAE (Serviço de Assistência Especializada) e Caps (Centro de Atenção Psicossocial): exclusivo para usuários do serviço.
  • Indústrias: nas terças e sextas-feiras, durante o horário de funcionamento.
  • Unidade Móvel: vacinação no Ônibus da Saúde em roteiro itinerante durante o mês de abril, com o apoio de profissionais capacitados

 Documentação exigida

Uma mudança administrativa significativa neste ano é que, a pedido do Ministério da Saúde – geral para todos os municípios – será exigida a adoção do registro nominal, um método mais preciso para rastrear a vacinação, exigindo a anotação do CPF e outros dados individuais, semelhante ao sistema implementado durante a campanha contra a Covid-19. Por isso a necessidade de se levar documento de identificação.

Grupos prioritários

Entre estes estão crianças de seis meses a menores de seis anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas, povos indígenas, trabalhadores da saúde, idosos com 60 anos e mais, professores das escolas públicas e privadas, pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, pessoas com deficiência permanente, profissionais das forças de segurança e salvamento e das forças armadas, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade. Crianças que vão receber o imunizante pela primeira vez deverão tomar duas doses, com um intervalo de 30 dias. A vacina Influenza pode ser administrada na mesma ocasião de outros imunizantes do Calendário Nacional de Vacinação.

Sobre a Influenza

A influenza é uma infecção viral aguda do sistema respiratório, altamente transmissível e com potencial para causar epidemias sazonais e até pandemias. Seus sintomas variam de febre e cefaleia a complicações respiratórias graves, especialmente em pessoas com fatores de risco. A influenza, conhecida como gripe, é uma doença viral respiratória contagiosa causada pelos vírus influenza A, B, C e D, que afeta milhões de pessoas anualmente, resultando em sintomas como febre, dores musculares, tosse e fadiga. A vacinação anual é fundamental para prevenir a infecção e suas complicações, especialmente em grupos de risco, como idosos, crianças, gestantes e pessoas com condições médicas subjacentes.

Acompanhe
nossas
redes sociais