Moradores desafiam obras paradas

Opinião

Fabiano Conte

Fabiano Conte

Jornalista e Radialista

Moradores desafiam obras paradas

Por

Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Moradores das imediações do bairro Montanha e Olarias decidiram tomar medidas por conta própria diante do descaso das autoridades com as obras paradas no viaduto próximo à empresa de balas Florestal na BR-386 em Lajeado. O viaduto, há tempos sem conclusão, foi bloqueado por razões de segurança, impedindo o acesso entre os bairros.

Em um ato de desafio, alguns indivíduos removeram os obstáculos – feito de cimento – e liberaram o tráfego. Esta atitude destaca o descaso da CCR com a BR 386, mostrando falta de preocupação com a comunidade local. A população, mesmo com uma medida fora da conduta ideal, encontrou justificativa na necessidade de facilitar a vida de quem precisa atravessar a região.

A pergunta persiste: por que a concessionária não conclui as obras, que poderiam aliviar significativamente o tráfego e melhorar a vida de tantas pessoas? A rebeldia nas ruas é um sinal do abandono e negligência das autoridades responsáveis.

Pré-Candidatura

O Ministro das Comunicações do Governo Federal, Paulo Pimenta, do PT do Rio Grande do Sul, emerge como pré-candidato a governador nas eleições daqui a dois anos. Sua presença constante em eventos do governo e atividades políticas no estado, bem como sua frequente participação em entrevistas à imprensa, o destacam como uma figura proeminente. Com um prestígio significativo junto ao presidente Lula, Pimenta surge como uma possível escolha do PT para disputar a governança do Rio Grande do Sul, sucedendo Edgar Preto como candidato do partido.

Com apoio de Lajeado

Pela primeira vez, o Festival Sec Circo está presente em Lajeado, marcando sua nova edição após passar por Santa Maria e cidades da região sul. Após algumas cidades que sediaram o festival anteriormente optarem por não mais recebê-lo, Lajeado assumiu o papel de anfitriã e se tornou o novo lar deste evento itinerante. A decisão de trazer o festival para a cidade foi acolhida com entusiasmo pelos habitantes, que veem na iniciativa uma oportunidade de vivenciar a magia do circo e de outras manifestações artísticas.

Movimentação agita município

A última semana em Forquetinha foi marcada por intensas mudanças políticas, com diversos membros do cenário local trocando de partido. O vice-prefeito Grasiani Galli (foto) deixou o MDB para se juntar ao PP, onde planeja concorrer a vereador nas próximas eleições. Na Câmara de Vereadores, as vereadoras Geci Mallmann e Clarice Groders deixaram o PTB e o PP, respectivamente, para ingressarem no MDB, enquanto Cristiano Brauvers e o vereador Décio Piccoli trocaram o PTB pelo PL. Essas mudanças estão reconfigurando o panorama político do município, que já tem seus dois pré-candidatos a prefeito definidos. Vianei Noll, atual secretário do Planejamento, deixará o cargo em breve para focar em sua campanha pelo PP, enquanto Marcelo Schmidt concorrerá pelo PL. Com essas movimentações, a corrida eleitoral em Forquetinha promete ser acirrada e cheia de surpresas.

Era do Pix e o adeus às desculpas

Com a popularização do Pix, as desculpas por falta de dinheiro tornaram-se coisa do passado. Esqueceu o cartão? Sem problemas. “Não tem Pix” é a resposta comum entre clientes e comerciantes. Com acesso à internet e um celular, o Pix está sempre disponível. Não há mais desculpas quando se trata de pagar contas. A era do Pix tornou tudo mais simples e conveniente.

Acompanhe
nossas
redes sociais