Venâncio Aires ganha 72 km de vias autoguiadas para caminhadas no interior

FORTALECIMENTO DO TURISMO

Venâncio Aires ganha 72 km de vias autoguiadas para caminhadas no interior

Traçado prioriza o interior do município e perpassa vários distritos

Por

Venâncio Aires ganha 72 km de vias autoguiadas para caminhadas no interior
Foto: Cristiano Wildner
Venâncio Aires

Em seminário sobre turismo rural foram apresentados os primeiros resultados do projeto regional Caminhos Serras e Vales. A iniciativa une 12 municípios do Vale do Rio Pardo e região Centro-Serra, criando um corredor com 822 quilômetros de caminhadas, com o objetivo de tornar-se uma atração nacional do segmento. Apenas em Venâncio Aires a rota autoguiada principal possui 66 quilômetros, mas chegando a 72 quilômetros quando contabilizadas ainda as vias secundárias.

O trecho para caminhada rural em Venâncio Aires se interliga com os municípios de Passo do Sobrado e de Santa Cruz do Sul. Na Capital do Chimarrão os caminhantes passarão por comunidades como de Linha Taquari Mirim, Linha Travessa, Linha 17 de junho, Linha Brasil, Vila Deodoro e Centro Linha Brasil. Os trajetos são identificados com placas específicas na cor amarela, como preconiza a Rede Nacional de Trilhas de Longo Curso e Conectividade, criada por lei federal.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo de Venâncio Aires, Marcos Hüttmann, a ideia é que seja uma aposta para o desenvolvimento do setor regional com a expectativa de atrair visitantes de todo o País aos municípios da região. Também foram contempladas as cidades de Arroio do Tigre, Encruzilhada do Sul, Estrela Velha, Ibarama, Lagoa Bonita do Sul, Passa Sete, Passo do Sobrado, Rio Pardo, Santa Cruz do Sul, Tunas e Vale Verde.

O Consórcio Intermunicipal do Vale do Jacuí é a entidade executora do projeto, que em parceria com o Consórcio Intermunicipal de Serviços do Vale do Rio Pardo, teve investimentos de R$230 mil. O Caminhos Serras e Vales é desenvolvido a partir de recursos oriundos da Consulta Popular 2019/2020 e implementado a partir de maio do ano passado. O roteiro foi desenvolvido pela Amplar Gestão Sustentável, empresa mineira especializada em gestão sustentável.

A ação trabalha em duas vertentes. Além de estruturar os próprios circuitos naturais, também é foco atuar na capacitação técnica. Cada município contemplado pelo projeto irá receber também placas de sinalização, mesas, gazebos, camisetas, garrafas e folders.

Acompanhe
nossas
redes sociais