Deputados votam nesta terça incentivos para negociação entre JBS e Languiru

VALE DO TAQUARI

Deputados votam nesta terça incentivos para negociação entre JBS e Languiru

Projeto de lei condiciona liberação de créditos de ICMS à compra de frigorífico em Poço das Antas

Por

Deputados votam nesta terça incentivos para negociação entre JBS e Languiru
Valor acertado para a venda da unidade é de R$ 80 milhões. Metade será usado para quitar financiamentos (Foto: Jhon Willian Tedeschi)
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Os associados e a direção da cooperativa Languiru aguardam a votação de projeto na sessão da Assembleia Legislativa desta terça-feira, 19. Na ocasião será votado a liberação de R$ 50 milhões em créditos de ICMS para a JBS concretizar a aquisição do frigorífico de suínos de Poço das Antas.

O presidente da cooperativa, Paulo Birck, está otimista em relação aos possíveis desdobramentos do projeto. Ele salienta que a conclusão da transação beneficiaria não apenas a JBS, mas também os trabalhadores do campo, os ex-colaboradores que estão em busca de recolocação e toda a cadeia produtiva associada.

Segundo Birck, a expectativa é grande em relação à votação do projeto. “Estamos esperando por muito tempo para que esta compra pela JBS aconteça, porque o campo está precisando voltar a girar. Os colaboradores, os ex-colaboradores, estão aí esperando ser contratados”.

O presidente ressalta ainda os esforços contínuos da cooperativa em manter diálogo com os deputados, visando garantir a aprovação do projeto e superar possíveis obstáculos de última hora. “Estivemos na semana passada em Porto Alegre conversando ainda com deputados e por um pequeno ajuste que gerou uma dúvida não foi aprovado.” Cita que o empasse está resolvido e está acordado para que ocorra a votação nesta tarde.

Em paralelo à votação, Birck comenta que a Languiru tem feito outros movimentos para se reorganizar, como também a habilitação do frigorífico de aves do município de Westfália para exportação para a China. A conquista, segundo ele, posiciona o estabelecimento em um mercado altamente atrativo para exportações, promovendo o crescimento econômico da região.

Saiba mais 

O governo estadual formalizou um protocolo de intenções com a Seara, subsidiária da JBS, em novembro do ano passado, estabelecendo a compra da planta frigorífica de Poço das Antas como condição para a liberação dos créditos de ICMS. Esclarece-se que tais créditos são direitos adquiridos pela multinacional, não constituindo um incentivo ou financiamento por parte do Estado.

O valor certado para a venda da unidade é de R$ 80 milhões, metade do seu valor real depreciado desde junho do ano passado. Destes, R$ 40 milhões serão destinados ao quitação de financiamentos da Languiru junto ao Badesul/Fundopem, com o restante sendo parcelado.

Acompanhe
nossas
redes sociais