Lula em Lajeado: Restrições, ensaios, apoio e protestos

Opinião

Rodrigo Martini

Rodrigo Martini

Jornalista

Coluna aborda os bastidores da política regional e discussão de temas polêmicos

Lula em Lajeado: Restrições, ensaios, apoio e protestos

Por

De acordo com os dados oficiais do governo estadual, o Vale do Taquari possui 36 municípios. Dentro desse território, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) conquistou mais votos em 35 cidades e o atual presidente Lula (PT) só venceu o rival em Canudos do Vale. Da mesma forma, hoje o Partido dos Trabalhadores (PT) não comanda uma só prefeitura em toda a região. Ou seja, vivemos em um espaço de terra dominado por uma ideologia mais à direita, e, portanto, é natural verificar tantas manifestações contrárias ao atual chefe da nação. É tão natural e democrático quanto a organização de protestos por parte dos opositores do petista – desde que ocorram de forma pacífica, claro.

E, diante da importância e complexidade da visita presidencial, também é natural a aplicação dos mais variados e complexos rituais e protocolos para garantir toda a segurança a Lula, ao vice-presidente Geraldo Alckmin, e aos ministros e todo o staff da União. Não por menos, a Univates já suspendeu atividades na pista atlética e também no centro cultural durante toda a sexta-feira. E até mesmo a imprensa local enfrentará certas dificuldades para a necessária cobertura do evento. Por fim, é natural a empolgação de militantes da esquerda e a expectativa é pela chegada de diversas caravanas do Estado em apoio ao líder máximo da esquerda nacional. Naturalmente, viveremos uma sexta-feira histórica.

Sem free flow na 386?

Em meio à suspensão temporária das obras, aos atrasos nos prazos de conclusão dos trechos de duplicação e ampliação da BR-386, e às necessárias correções e inclusões de novas intervenções no trecho do Vale do Taquari, é natural que os nossos representantes na Comissão Tripartite não tenham se atentado ao debate sobre a implementação do sistema free flow (cobrança automática e por quilômetro rodado) na reunião realizada nessa quarta-feira. Mas, e mesmo que tal medida esteja no horizonte da concessionária, é preciso cobrar a empresa e a Antt para agilizar o processo de implementação dos arcos. Afinal, e se o modelo de fato é tão necessário nas rodovias estaduais, não faz sentido não cobrar a mesma ferramenta na nossa principal via de escoamento. Ou faz?

Denise e Marta para vereadoras?

O Partido dos Trabalhadores (PT) trabalha para retomar o protagonismo perdido com a sequência de eventos e narrativas negativas, especialmente entre os anos de 2014 e 2018, com o impeachment – para alguns um golpe parlamentar – da ex-presidente Dilma Rousseff e a prisão de Lula na Operação Lava Jato. Para isso, já sinaliza ao menos sete pré-candidatos a prefeito (a) em Lajeado, Tabaí, Cruzeiro do Sul, Bom Retiro do Sul, Teutônia, Encantado e, também, em Estrela. Sobre a última cidade, porém, há quem aposte que a pré-candidata estrelense Denise Goulart mude de estratégia até o pleito municipal. Para alguns articulistas, ela deve concorrer a vereadora. Já em Lajeado, quem também está cotada para concorrer a uma vaga no legislativo é a esposa do vereador e pré-candidato a prefeito Sérgio Kniphoff, a ex-secretária de Planejamento, Marta Peixoto.

E a feirinha do Papai Noel?

A reforma da disputada Praça João Zart Sobrinho, a popular “Praça do Papai Noel”, em Lajeado, vai impactar a tradicional feira agroecológica. Com a remodelação do ponto público, o espaço dos pequenos agricultores foi deslocado para um local ainda “ermo” da cidade. No caso, um dos acessos ao Parque do Engenho, distante a poucas quadras da referida e tradicional área de lazer. É um acesso pouco utilizado pela população, o que torna o local um tanto inseguro em determinados horários. Tomara que a decisão impositiva de deslocar a simpática feirinha transforme e devolva vida ao novo ponto. Caso contrário, pode ameaçar o futuro da acolhedora iniciativa popular.

TIRO CURTO

  • Vereador em Lajeado, Marcio Dal Cin ainda não trocou o PSDB pelo MDB. É só uma questão de dias para isso. Até lá, ele segue na luta por melhores condições de mobilidade na cidade. Para tal, ele sugere emenda para alterar regras sobre calçadas. Em resumo, ele cobra que “a pavimentação da calçada/passeio somente poderá ser exigida do proprietário do lote se, na mesma quadra, existindo área pública, esta já tiver a respectiva calçada/passeio devidamente pavimentada”.
  • Em Estrela, a filiação dos vereadores Luís Kalsing (ex-PTB) e Humberto Canigia (Republicanos) ao Partido Liberal (PL) ainda não está consolidada. “A cada minuto, tudo muda”, avisa um representante do PL.
  • Em tempo, o presidente estadual do PL, o deputado federal Giovani Cherini, informa que o partido espera receber entre 180 e 200 vereadores durante a janela partidária.
  • A presença do vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB) na comitiva do presidente Lula é um bom sinal aos empreendedores. Afinal, o ex-tucano também é responsável pelo ministério de Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços. E todo o Brasil já sabe os prejuízos causados pelas enchentes aos setores da indústria, comércio e serviços do Vale do Taquari.
  • Estou curioso para saber quais os prefeitos que estarão na Univates para recepcionar o presidente Lula. E torcendo por um evento sem percalços, hostilidades, violência ou baderna. Ou seja, um comportamento com o DNA do Vale do Taquari. Boa sexta-feira a todos!

Olhar do Lucas

Nosso peregrino de todas as sextas-feiras encaminhou a imagem da histórica marca das secas do Rio Taquari, localizada às margens do leito, em Colinas.

Acompanhe
nossas
redes sociais