Secretária Renata Cherini (PL) pede exoneração e coloca em xeque aliança com MDB em Estrela

Opinião

Rodrigo Martini

Rodrigo Martini

Jornalista

Coluna aborda os bastidores da política regional e discussão de temas polêmicos

Secretária Renata Cherini (PL) pede exoneração e coloca em xeque aliança com MDB em Estrela

Por

Atualizado quarta-feira,
28 de Fevereiro de 2024 às 07:07

Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

O arquivamento do processo contra o vereador Volnei Zancanaro (União Brasil) pode atrapalhar os planos de reeleição do prefeito de Estrela, Elmar Schneider (MDB). O fato é simples de entender. O arquivamento foi aprovado por unanimidade no plenário. Ou seja, contou com apoio da base governista.

Com isso, a imagem da Secretária de Desenvolvimento Social, Renata Cherini (PL), a autora das denúncias contra Zancanaro, ficou estremecida no cenário político municipal. Ela contava e muito com o apoio dos vereadores do MDB no embate pessoal – e judicial – com Zancanaro, o principal opositor do governo na câmara.

Diante do fato, e do sentimento de traição, Renata Cherini (PL) pediu exoneração do cargo nesta sexta-feira e agora vai repensar a sua posição frente ao recém-anunciado apoio da sigla a Schneider. E vale lembrar que ela é a coordenadora do PL Mulher em Estrela e conta com a confiança do presidente estadual do PL, o deputado federal Giovani Cherini.

Acompanhe
nossas
redes sociais