Urbanes quer o Parque Ney Arruda

Opinião

Rodrigo Martini

Rodrigo Martini

Jornalista

Coluna aborda os bastidores da política regional e discussão de temas polêmicos

Urbanes quer o Parque Ney Arruda

Por

O processo licitatório para a concessão “comercial e de convivência” do Parque Ney Arruda foi realizado nesta semana. A Urbanes Parques, considerada uma das maiores “concessionárias administradoras” de parques públicos e privados do Brasil, foi a única participante e apresentou uma proposta de R$ 1,5 milhão para a exploração da nova área de lazer de Lajeado, construída às margens do Rio Taquari. O propósito é “estabelecer um novo patamar de atratividade turística e de urbanização” do local, com a presença inicial de – no mínimo – cinco opções de gastronomia Serão permitidos bares, cervejarias, cafés, lancherias, pizzarias, confeitarias, sorveterias, restaurantes, áreas de lazer e espaços de feira e música ao vivo. O contrato inicial é de 10 anos, com possibilidade de chegar a 35. E as negociações devem iniciar em 90 dias.


Ainda sobre as projeções ao local, o Executivo cobra “baixo impacto sobre fauna, flora, água e solo”, “geração de emprego”, “uso de inovações para reduzir pressão sobre os recursos naturais”. E um dos principais desafios, claro, é criar algo resistente – ou adequado – às enchentes. Experiência não faltará à Urbanes – que inclusive auxilia no processo de concessão do Parque Histórico da Colonização Alemã, no Alto do Parque. Hoje a concessionária também é responsável pela gestão do Parque Aldeia do Imigrante em Nova Petrópolis; do Parque Estadual Campos do Jordão (SP), da Rota da Grutas Peter Lund, em Minas Gerais; e recentemente venceu a concessão das primeiras Florestas Nacionais ICMBio, com início das operações em 2023, em Canela e São Francisco de Paula, na Serra Gaúcha, um dos principais destinos turístico do Brasil.

Stacione melhorou. Mas é possível muito mais

A história da Stacione Rotativo é longa. A concessionária responsável pelo estacionamento rotativo de Lajeado iniciou a trajetória em 2014. Desde então, e além de passar pelas mãos de três grupos diferentes – hoje a empresa pertence ao grupo Conesul, se chama Stacione Pay, e também opera em Erechim, Marau, Carazinho e São Borja –, foram diversos os embates com motoristas daqui e de fora, vereadores, empresários, imprensa e Cia Ltda. Um cenário “normal” diante da complexidade e, acima de tudo, da incontroversa necessidade deste serviço público. Nos últimos tempos, é bem verdade, o serviço até melhorou. Mas é possível fazer muito mais pelo conforto do cliente. E por isso é imperiosa a rápida realização de um novo e estimulante processo licitatório.

Lajeado tem
68,5% de casas
30,2% de apartamentos

Oito de cada dez pessoas que vivem no Brasil moravam em casas em 2022. Naquele ano, e conforme dados do Censo divulgados ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o país contava com 84,8% da população morando nesse tipo de residência, e 12,5% em apartamentos. Em Lajeado (foto), a realidade é diferente. O mais populoso município do Vale do Taquari registrou 26.038 casas ocupadas e 11.478 apartamentos ocupados. Ou seja, uma proporção de 68,57% e 30,23%. Já em outras localidades, como Estrela e Encantado, a balança é mais próxima da geral. Em solo estrelense, são 10.613 casas (85,47%) e 1.764 (14,21%) apartamentos. E na cidade do Cristo Protetor, são 7.075 (78,35%) e 1.922 (21,29%). E uma última curiosidade. Em Coqueiro Baixo – a menor população do Vale –, são só quatro apartamentos para 498 casas.

Ex-secretário abre cervejaria

Ex-secretário de Agricultura de Estrela, Douglas Sulzbach deixou a administração municipal em setembro do ano passado. À época, ele já anunciava que a decisão de encerrar o ciclo no poder público estava atrelada ao empreendedorismo. Dito e feito. Neste dia nove de março, ele inaugura um pub/cervejaria na localidade de Novo Paraíso. E será um evento regado a cerveja artesanal e boa música. Com destaque à banda Sputnik.

TIRO CURTO

  • Os Ministros da Secom, Paulo Pimenta, e das Cidades, Jader Barbalho Filho, estarão em Muçum na próxima quinta-feira. O encontro com líderes regionais ocorre na Sociedade José Garibaldi, no centro da cidade. Os representantes do presidente Lula devem chegar no fim da manhã.
  • A visita ministerial à região está novamente conectada à tragédia de setembro de 2023. Desta vez, eles devem anunciar detalhes do programa Minha Casa Minha Vida Calamidade Rural. E a perspectiva é de quase 150 unidades para 10 cidades do Vale do Taquari.
  • No dia 19 de fevereiro, e conforme levantamento do FGTAS/Sine, a unidade de Lajeado constava como a quarta no “ranking” das agências do Sine com os maiores números de oportunidades de empregos abertas. Erechim, com 1,6 mil, Porto Alegre, com 423, Caxias do Sul, com 315, Lajeado, com 261 vagas, e Garibaldi, com 231, formavam o “top 5” no Estado.
  • A cidade de Encantado sediou na quinta-feira a 2ª Conferência de Direita do Vale. E por lá passaram o prefeito anfitrião, Jonas Calvi (PSDB), o prefeito de Vespasiano Corrêa e presidente da Amat, Tiago Michelon (PL), e a vice-prefeita de Teutônia, Aline Köhl (PL).
  • O entorno do Parque do Imigrante, no Alto do Parque, em Lajeado, vai se consolidar como um polo gastronômico e comercial. Já existem várias opções de cozinha e espaços especializados em decoração, saúde e outros. E o Parque do Imigrante segue estagnado, velho, subaproveitado. Um contraste que pode ser modificado com um pouco de criatividade por parte dos agentes públicos.

Acompanhe
nossas
redes sociais