Um novo Código de Obras para Lajeado

Opinião

Rodrigo Martini

Rodrigo Martini

Jornalista

Coluna aborda os bastidores da política regional e discussão de temas polêmicos

Um novo Código de Obras para Lajeado

Por

Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

O governo de Lajeado finaliza o projeto de um novo e simplificado Código de Obras. Ex-secretário de Planejamento, responsável por conduzir a reformulação do Plano Diretor lajeadense faz poucos anos, Rafael Zanatta foi convocado pela administração municipal para coordenar de forma voluntária este novo desafio. A minuta com as principais mudanças será entregue aos representantes da Sociedade de Arquitetos e Engenheiros do Vale do Taquari (Seavat) e do Sinduscom/VT. Tudo para garantir um amplo debate antes da proposta ser protocolada na câmara de vereadores.

Em tempo, o código define as normas técnicas para a execução de qualquer tipo de construção. Nele, estão definidos os procedimentos para aprovação de projetos, metodologia para execução e fiscalização das obras, licenças para execução e penalidades para os casos de descumprimento da lei. E a legislação municipal é considerada antiga pelos empreendedores – possui cerca de 30 anos. Para se ter uma ideia, a mudança vai diminuir de 232 para 131 o número de artigos.

Marjorie na campanha

Secretária Estadual de Meio Ambiente e ex-presidente da Fundação Estadual de Meio Ambiente (Fepam), a lajeadense Marjorie Kauffmann é também a vice-presidente do PSDB no Rio Grande do Sul. E será fundamental nas campanhas municipais tucanas no Vale do Taquari. Em Lajeado, especialmente, o partido vai buscar maior protagonismo nos poderes Executivo e Legislativo. O Secretário de Cultura e Lazer Carlos Reckziegel, por exemplo, vai deixar o poder público até o dia seis de abril e, assim, se consolida – ao menos – como um pré-candidato a vereador. Mas eu reforço. A sigla vai buscar voos maiores. E contará com a credibilidade de Marjorie na campanha. Afinal, nos últimos anos ela se consolidou como uma referência no meio ambiental e, também, empresarial. E com um modelo de pensamento muito simples: ela não trata o empresário como vilão.

Ministros retornam ao Vale

Secretário Institucional da Secretaria de Comunicação (Secom) do governo federal, Maneco Hassen (PT) protagoniza mais uma visita de Ministros ao Vale do Taquari. O encontro dos representantes do presidente Lula (PT) está agendado para o fim da manhã da próxima quinta-feira, na cidade de Muçum. Na comitiva oficial que vai detalhar os planos e investimentos previstos no Minha Casa Minha Vida Calamidade Rural – um programa criado a partir da tragédia de setembro de 2023 no Vale do Taquari –, destaque para a presença do Ministro da Secom, Paulo Pimenta, e do Ministro da Cidades, Jader Filho. Será mais um momento para reforçar pedidos e cobrar recursos.

“Cabritos” com GPS

A mais recente denúncia de “cabrito” na prefeitura de Lajeado tende a ser facilmente identificado. Afinal, toda a frota da municipalidade disponível para a entrega de areia, brita e afins já conta com a ferramenta GPS. Ou seja, todo e qualquer movimento é devidamente monitorado por satélite. E todos lá dentro da Secretaria de Obras sabem disso. Ou ao menos deveriam saber.

TIRO CURTO

  • O PL de Estrela não terá pré-candidato a prefeito. O diretório se reuniu ontem para confirmar apoio à pré-candidatura do atual prefeito Elmar Schneider (PL). Além disso, oficializou convite para filiação dos vereadores Humberto Canigia (Republicanos) e Luís Kalsing (ex-PTB).
  • O PL de Estrela também confirmou a nova executiva do PL Mulher, com Renata Cherini à frente do grupo. Além dela, destaque para a presença de Eledir Rerig, esposa do vereador Humberto Canigia.
  • Ainda sobre o evento do PL, foram diversos discursos enaltecendo a fidelidade ao ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), e também com fortes críticas a ex-agentes do governo municipal.
  • O governo de Lajeado republicou o edital para construção de 300 casas populares. E o custo base de cada unidade baixou de R$ 143 mil para R$ 130 mil.
  • Ex-presidente da Federasul, Simone Leite será a palestrante da reunião-almoço da Cacis de Estrela, no dia 14 de março. O encontro será no Estrela Palace Hotel, alusivo ao Mês da Mulher e aos 12 anos da entidade.
  • O primeiro censo animal realizado em Porto Alegre indica que a cidade tem 815,4 mil cães e gatos. O levantamento, por amostragem, foi realizado em quase cinco mil domicílios da capital gaúcha.
  • Conforme o censo animal de Porto Alegre, são 533.873 cães e 281.532 gatos em toda a cidade. Deste total, os animais semi-domiciliados (aqueles que têm tutores e acessam a rua sem supervisão) somam 33,1% dos gatos (93 mil) e 8,5% dos cães (45 mil). Já os animais que vivem na rua chegam a 21.355 cães e 11.261 gatos.
  • Em Lajeado, a vereadora Ana da Apama (MDB) já sugeriu a realização de um censo animal para balizar políticas públicas na área da saúde.
  • Por falar na vereadora Ana da Apama (MDB), ela foi a única que se absteve de votar no projeto de lei que concedeu o título de Cidadão Lajeadense ao promotor Sérgio Diefenbach, na terça-feira passada. Os demais vereadores foram todos favoráveis.
  • Ex-deputado federal, ex-deputado estadual, e ex-diretor do Detran/RS, Enio Bacci (União Brasil) vai tomar posse como presidente do Conselho Estadual de Trânsito, o Cetran. O evento ocorre no próximo dia 29, às 16h, no auditório do Daer, em Porto Alegre.

Olhar do Lucas

Nosso peregrino das sextas-feiras visitou o interior de Nova Bréscia, na região alta do Vale. Por lá, ele caminhou pelas estradas de chão de Linha Estefânia e encontrou esse singelo paiol.

Acompanhe
nossas
redes sociais