As declarações de Lula

Opinião

Fabiano Conte

Fabiano Conte

Jornalista e Radialista

As declarações de Lula

Por

As declarações improvisadas do presidente Lula durante sua recente visita ao exterior geraram uma onda de críticas e tensões nas relações diplomáticas do Brasil com outros países. As afirmações de Lula foram feitas sem o respaldo do discurso preparado pelo Itamaraty, resultando em consequências desastrosas. Lula, ao longo de sua carreira política, proferiu várias outras declarações que foram consideradas infelizes ou controversas por diferentes grupos ou pela mídia. Agora, Israel declarou Lula como persona non grata em seu território. O comparativo do conflito com o Hamas ao Holocausto foi considerado irresponsável pelo governo israelense, causando uma repulsa global e gerando uma crise diplomática imediata. No entanto, diplomatas mais experientes do Itamaraty acreditam que a crise não se agrave ainda mais. E poucos reflexos econômicos serão sentidos. Nossos presidentes têm sido fonte de mal-estar com outros países há mais tempo com falas sem sentido. Bolsonaro e Dilma passaram por isso também.

Inspiração

O novo prédio do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) localizado na Julio May tornou-se um modelo a ser seguido para a construção de novas unidades em várias partes do Brasil. Desenvolvido em Lajeado, o projeto arquitetônico e funcional do novo prédio tem chamado a atenção por sua eficiência e modernidade. A partir de março, os serviços do INSS serão prestados no novo endereço.

Posse

No dia primeiro de março, Marcia Scherer assumirá o cargo de Secretária da Saúde de Estrela, em uma solenidade marcada para as 17h no Salão Nobre da Prefeitura. Marcia Scherer traz consigo uma experiência na área governamental, tendo anteriormente ocupado o cargo de Subsecretária da Justiça do Estado. Assume uma das principais secretarias do governo de Estrela.

Conflito pouco rentável

O embate entre facções criminosas causa não apenas violência, mas também prejuízos financeiros significativos para os envolvidos. Contrariando a percepção de que a guerra é lucrativa, os dados revelam que quanto mais conflitos armados ocorrem, mais esses grupos perdem dinheiro com a venda de drogas. Por isso, os líderes do crime organizado são avessos aos confrontos abertos, optando por estratégias mais discretas para manter seus negócios. No entanto, a realidade nem sempre condiz com essa preferência, e a disputa por territórios e pontos de venda continua gerando conflitos, muitas vezes resultando em tiroteios e violência nas comunidades. Foi o que ocorreu no final de semana em bairros de periferia de Lajeado.

Identificação de placas

A prefeitura de Lajeado finaliza a licitação para a aquisição de 22 modernas câmeras de segurança equipadas com tecnologia de identificação de placas. Esta iniciativa visa aprimorar o monitoramento das vias da cidade e contribuir para a identificação dos veículos que circulam na região.

Promessas vazias

A reunião entre empresários do Vale do Taquari e a direção do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) deixou um gosto amargo de desapontamento. Os representantes dos 36 municípios da região, duramente atingidos pelas enchentes ocorridas em setembro e novembro, saíram do encontro apenas com novas promessas e poucas perspectivas de auxílio imediato. Enquanto isto, o pagamento de emendas parlamentares chega a quantia de R$ 5 bilhões.

Acompanhe
nossas
redes sociais