Encantado recebe laboratório para análise de larvas do mosquito da dengue

ENTREVISTA | FRENTE E VERSO

Encantado recebe laboratório para análise de larvas do mosquito da dengue

Atualmente, as amostras são catalogadas e levadas para Lajeado. Laboratório agilizará a identificaçãona Região Alta

Por

Atualizado segunda-feira,
12 de Fevereiro de 2024 às 13:48

Encantado recebe laboratório para análise de larvas do mosquito da dengue
Karoline Crippa, secretária de Saúde de Encantado (Foto: Diogo Fedrizzi)
Encantado

O município de Encantado conquista avanços na área da saúde e destaque para a instalação de um laboratório para análise de larvas do mosquito transmissor da dengue, sendo mais uma ferramenta para o controle e combate da doença. Conforme Karoline Crippa, secretária Municipal de Saúde, o serviço atenderá toda a Região Alta.

“Será um laboratório etimológico onde as equipes verificarão a existência do mosquito da dengue. Atualmente, as amostras são catalogadas e levadas para Lajeado, na coordenadoria”, ressalta.

Karoline ressalta que a princípio será capacitado um profissional por município para que faça a análise. “É necessário ter no ambiente de análise, uma bancada e um microscópio”.

De acordo com a secretária, 100% da área do município está coberta com agentes de endemias, que recebem visitas regulares dos profissionais. Além disso, Karoline destaca que existe um cronograma de atuação contra os mosquitos borrachudos, feito por dois profissionais do município de Encantado.

Até o momento, não há registros de casos de dengue confirmados em Encantado. No ano passado, foram registrados mais de mil casos na cidade, inclusive com óbito.

Karoline reforça que é feito um trabalho em conjunto entre secretaria, comunidade e escolas para a conscientização sobre a necessidade da prevenção contra a dengue.

Além disso, a secretária afirma que Encantado não receberá do Estado vacinas contra a dengue. “Critérios impossibilitam a vinda de vacinas para nossa região como, por exemplo, a quantidade de habitantes”.

Outro assunto abordado durante a entrevista no programa Frente e Verso desta segunda-feira, 12, foi a criação de um Centro de Atenção à Crianças Autistas, tendo já uma ideia montada nas escolas da cidade e com a ajuda do novo centro, terá uma vinculação de profissionais.

Pelos números mais recentes, há 65 crianças autistas com diagnóstico comprovado na cidade. Os atendimentos serão realizados conforme regulação do estado, com implementação de até 90 dias. “Serão aproximadamente 1,2 mil atendimentos por mês, em Encantado e Região Alta.

Acompanhe a entrevista na íntegra

Acompanhe
nossas
redes sociais