“Travesseiro é pioneiro em procedimentos de saúde à custo zero”

ENTREVISTA | O VALE EM PAUTA

“Travesseiro é pioneiro em procedimentos de saúde à custo zero”

Conforme o prefeito em exercício, Tiago Weizenmann, nos três anos de gestão, já foram realizadas mais de 500 cirurgias

Por

“Travesseiro é pioneiro em procedimentos de saúde à custo zero”
Foto: Pedro Rodrigues
Travesseiro
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

O município de Travesseiro é considerado pioneiro no estado a arcar 100% com o custo de cirurgia da população travesseirense. Para falar sobre os investimentos na saúde, estiveram presentes no programa o Vale em Pauta, da Rádio A Hora, 102.9, desta quarta-feira, 7, o prefeito em exercício, Tiago Weizenmann, e o secretário de Saúde, Rodrigo Weizenmann.

O gestor interino reconhece que em razão da cidade ter um porte menor, há uma facilidade em administrar questões que para as metrópoles pode ser mais burocrático. “Hoje, Travesseiro tem 2, 3 mil habitantes. A gente conhece cada um por nome, se familiariza com as pessoas, sabe do problema de cada um“, expõe.

Conforme o secretário de saúde, no inicio da gestão, foi identificada uma demanda reprimida de várias cirurgias a serem realizadas. “Eram pessoas que estavam há mais de 12 anos na fila de espera. Em alguns casos, mais de 19 anos”, ressalta.

Entre os procedimento destacam-se cirurgias de catarata, quadril e joelho que tiveram como custo inicial cerca de R$ 800 mil, além dos cuidados, pré e pós-operatório que o executivo arcou, dispondo um custo mínimo para os residentes.

No início, estavam na fila de espera 42 pessoas para a realização de procedimentos relacionados à próteses, entretanto, apenas 32 realizaram devido a fatores pessoais que impediram a operação. Nos três anos de gestão, já foram realizados mais de 500 procedimentos de diferentes especialidades.

Atualmente, o município possui convênio com o Hospital Bruno Born, de Lajeado, que inclui atendimento obstétrico, traumato e demais especialidades, além do convênio com o Hospital Marques de Souza, que atende as demandas de urgência e emergência 24h.

Ainda que não tenham hospital, mas o posto de saúde do município possui sala de observação e de procedimentos. “Desde 2021, foram realizados mais de 1 mil procedimentos internos”.

Acompanhe a entrevista na íntegra

 

Acompanhe
nossas
redes sociais