Pelo menos 250 famílias continuam sem energia em Estrela

ENTREVISTA | O VALE EM PAUTA

Pelo menos 250 famílias continuam sem energia em Estrela

Mesmo com liminar favorável, Linha Lenz, Novo Paraíso, Santa Rita, São Jacó e Linha Winck, as mais afetadas, seguem desabastecidas

Por

Atualizado segunda-feira,
22 de Janeiro de 2024 às 17:48

Pelo menos 250 famílias continuam sem energia em Estrela
Foto: Pedro Rodrigues

Com mais de 300 casas destelhadas durante o temporal da última terça-feira, 16, que atingiu diversos municípios do estado, Estrela segue em boa parte de suas casas sem o fornecimento de energia elétrica. A prefeitura, desde o dia do ocorrido, trabalha na distribuição de lonas e telhas para os atingidos.

Durante entrevista na manhã desta segunda-feira, 22, o vice-prefeito, João Carlos Schafer e o procurador jurídico, Rodolfo Bisneli explicaram o que levou o município a entrar com uma ação contra a companhia RGE.

Conforme Bisneli, na quarta-feira, 17, a RGE foi notificada solicitando uma maior agilidade no restabelecimento da energia, mas nada foi resolvido.

“Equipe técnica buscou provas para ingressar com uma ação civil pública com tutela provisória de urgência. Cerca de 20 horas de sábado, em regime de plantão, o judiciário concedeu a tutela de urgência determinando o reestabelecimento de no prazo de 24 horas sob pena de multa diária”.

O prazo começou a valer a partir de 22h de domingo. Equipes monitoraram ao longo da segunda-feira, 22, os locais que ainda não haviam retomado o serviço. “Cerca de 300 famílias continuam sem luz. Pessoas precisando de oxigênio e passando dificuldades por conta da irresponsabilidade da companhia”, afirma Schafer.

Até o momento da entrevista, a RGE ainda não havia se posicionado em relação a essa liminar.

Acompanhe a entrevista na íntegra

Acompanhe
nossas
redes sociais