Operários da Eurovias paralisam trabalho por atraso de pagamento

DIREITO TRABALHISTA

Operários da Eurovias paralisam trabalho por atraso de pagamento

Cerca de 80 funcionários cobram acerto do salário de dezembro e das horas extras desde novembro

Por

Atualizado terça-feira,
09 de Janeiro de 2024 às 10:33

Operários da Eurovias paralisam trabalho por atraso de pagamento
Foto: Filipe Faleiro
Lajeado

Mais um impasse entre trabalhadores e Eurovias interfere no andamento da duplicação da BR-386.

Na manhã de hoje, cerca de 80 operários paralisaram as atividades. Reclamam do atraso do pagamento do salário de dezembro, das horas-extras desde novembro, ajuda de custos e vale-alimentação.

Muitos são vindos de estados do norte e do nordeste. Também há contratados da Venezuela. “O aluguel não espera. Se trabalhamos, temos que recebe.”, diz um funcionário natural do Maranhão.

“Pagam o que está na carteira. As horas, que é por fora, a ajuda de custo e o vale é sempre uma enrolação pra pagar. Se a gente cobra, nos criticam”, conta outro trabalhador.

“Eu quero sair. Fui lá pedir um acordo, para conseguir pelo menos receber um pouco para trocar de emprego, e não aceitaram. Só aceitam se eu abrir mão de tudo. Daí o dinheiro que é fora da carteira vou perder”, reforça um pedreiro.

Foto: Filipe Faleiro

Por volta das 9h30min, o grupo foi chamado pelo encarregado. Em reunião no pátio da sede, próximo ao shopping de Lajeado, os operários foram informados que o pagamento dos salários será feito na tarde de hoje. Também se comprometeu em acertar as horas e a ajuda de custo.

A reportagem contatou a direção da Eurovias. Por enquanto, não houve resposta.

Acompanhe
nossas
redes sociais