Univates, a mais sustentável do Sul do Brasil

Opinião

Luciane E. Ferreira

Luciane E. Ferreira

Jornalista

Univates, a mais sustentável do Sul do Brasil

Por

Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

O GreenMetric World University Ranking 2023, divulgado na durante a 28ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP28), em Dubai, nos Emirados Árabes, certificou a Universidade do Vale do Taquari – Univates como a mais sustentável do Sul do Brasil. A Univates é tri, porque recebeu a certificação pelo terceiro ano consecutivo. O ranking é realizado pela Universidade da Indonésia (UI) e aponta as instituições ao redor do mundo que articulam ações em conjunto com a comunidade para reduzir sua pegada de carbono e combater a mudança climática global.

O GreenMetric considera 39 indicadores entre os critérios de Configuração e Infraestrutura, Energia & Mudanças Climáticas, Resíduos, Água, Transporte e Educação & Pesquisa.

Ao todo, participaram 1.183 universidades, sendo 43 brasileiras. Na região Sul, são 12 universidades participantes, sendo seis gaúchas, duas de Santa Catarina e quatro do Paraná.

Resíduos especiais

A Sala Verde, braço do Setor de Meio Ambiente de Estrela, realizou o Dia D Descarte, no sábado. A ação teve o intuito de recolher e destinar adequadamente os resíduos especiais. Em sistema drive-thru, a comunidade se desfez de: 380 kg de eletrônicos, pilhas e baterias; 420 kg de vidros; 350 lâmpadas compactas; 360 lâmpadas tubulares; e 20 litros de óleo de cozinha:

Total geral

Nas três edições do Dia D Descarte realizadas ao longo do ano, foram descartados corretamente 980 kg de eletrônicos, pilhas, baterias, 1,04 tonelada de vidros, 1,3 mil lâmpadas e 93 litros de óleo. A natureza agradece.

Mudança

Há dois meses, cruzei o rio Taquari e passei a ter o Jornal NG, do Grupo A Hora, como local de trabalho. Até então, minha base era a sede principal, em Lajeado. É muito bacana conhecer mais o município de Estrela.

Observação

Percebi que, tanto numa cidade quanto na outra, é raro ver um cachorro de rua vagando pelo centro. Parques, praças, calçadões são muito procurados pelos tutores para passear com seus pets – não só no Vale, mas na maioria das cidades com edifícios residenciais.

Dejetos

O problema é que muitos tutores esquecem das sacolinhas para recolher o coco. Para o esquecidos, na praça Menna Barreto, em Estrela, está instalado um porta-saco plástico, na esquina da Rua Treze de Maio com a Júlio de Castilhos. É de graça. É só um saquinho pegar e recolher o dejeto – e descartar em casa junto com o lixo orgânico.

Em tempo

As fezes de cães podem conter microrganismos que causam doenças em humanos. Além do incômodo para quem pisar em cima.

Viva o Taquari

A 17ª edição Viva o Taquari-Antas Vivo, prevista para 2024, já começou a ser planejada. Na primeira reunião, voluntários de diversas entidades definiram a data da atividade junto ao rio: dia 23 de março. Caso o haja previsão de chuva ou algum outro empecilho, a segunda opção de data 6 de abril.

Cuide o Taquari

As duas grandes enchentes deste ano, em setembro e novembro, fizeram vir à tona questões importantes sobre o manancial: mata ciliar insuficiente ou, em alguns pontos, inexistente; todo tipo de lixo jogado no leito; a força da água, que pode arrasar cidades; e por aí vai…

Acompanhe
nossas
redes sociais