MPRS premia programa de leitura para jovens em medidas socioeducativas

EDUCAÇÃO

MPRS premia programa de leitura para jovens em medidas socioeducativas

Os vencedores do concurso tinham como objetivo escolher o nome e o logotipo do programa de incentivo à leitura no Estado

Por

MPRS premia programa de leitura para jovens em medidas socioeducativas
Foto: Divulgação
Porto Alegre

Na tarde desta segunda-feira, 11, os vencedores do concurso criativo que tinha como objetivo escolher o nome e o logotipo do programa de incentivo à leitura de jovens cumprindo medidas socioeducativas no Estado, receberam sua premiação.

O evento ocorreu no Centro de Convivência e Profissionalização (CECOMP) da Fundação de Atendimento Socioeducativo (FASE/RS) e contou com a presença da coordenadora do Centro de Apoio Operacional da Educação, Infância e Juventude, Cristiane Della Méa Corrales, e da promotora de Justiça da Infância e Juventude de Porto Alegre Carla Frós.

Entre as opções, a comissão avaliadora do concurso escolheu o título “Leiturando”, que foi sugerido por todas as unidades da FASE/RS. Além disso, o projeto recebeu um logotipo especial para representar a iniciativa. Além dos vencedores do primeiro lugar, os participantes que receberam Menção Honrosa e Prêmio Destaque também ganharam canecas e livros como premiação.

O programa foi criado pela juíza Karla Aveline de Oliveira, titular da 3ª Vara do Juizado da Infância e Juventude da Comarca de Porto Alegre, com o apoio do Ministério Público do Rio Grande do Sul, da Coordenadoria da Infância e Juventude, da Fundação de Atendimento Socioeducativo (FASE/RS) e da Defensoria Pública (DPE/RS).

O objetivo é reduzir o tempo de avaliação das medidas socioeducativas nas unidades de internação ou semiliberdade da Capital.

 

Galeria

Foto: Divulgação Foto: Divulgação Foto: Divulgação

Acompanhe
nossas
redes sociais