Grêmio perde para o Flamengo e está fora da final

Copa do Brasil

Grêmio perde para o Flamengo e está fora da final

Tricolor levou 1 a 0, gol de Arrascaeta em pênalti, e agora foca suas forças na disputa do Brasileirão

Por

Grêmio perde para o Flamengo e está fora da final
Foto: Lucas Uebel
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

O Grêmio está fora da final da Copa do Brasil depois de perder para o Flamengo por 1 a 0, na noite desta quarta-feira, 16, no Maracanã. Na primeira partida, na Arena, o Tricolor levou 2 a 0. O time comandado por Renato Portaluppi até lutou, mas não foi suficiente. Agora, a final será entre o time carioca e o São Paulo, que eliminou o Corinthians.

O primeiro tempo foi como se esperava, de muita disputa e equilíbrio. Os donos da casa manteram maior posse de bola nos minutos iniciais e conseguiram levar perigo aos 6’, quando Gerson fez um cruzamento preciso para Bruno Henrique subir e desviar de cabeça. Gabriel Grando fez uma grande defesa. O Grêmio respondeu com uma trama entre Bitello, Ferreira e Suárez, mas o último passe foi forte para o uruguaio, que acabou não conseguindo a finalização.

Por vezes pressionando no campo de ataque, o Tricolor teve uma nova oportunidade aos 12’, em cobrança de falta da esquerda. Reinaldo colocou na área, mas a zaga cortou a escanteio. Já com 18 minutos, após a bola alçada na área, ela chegou a F. Cristaldo, que tentou a finalização, mas bateu mascado.

Passados 27’, o Grêmio tentou uma jogada pela direita e logo na sequência, Bitello foi acionado dentro da área, finalizando, mas Matheus Cunha caiu para fazer a defesa. Em seguida, o Tricolor fez uma triangulação perfeita – Bitello acionou Suárez, que devolveu o passe para ele chutar forte, mas o goleiro carioca operou nova defesa, mandando a escanteio. Depois da cobrança, a bola caiu para o camisa 9, que de primeira concluiu a gol, mas o arqueiro segurou de novo.

Os gremistas chegaram de novo, desta vez com um cruzamento de Reinaldo – Rodrigo Ely desviou de cabeça, mas por sobre o gol, aos 35’.

Na reta final da etapa inicial, o Flamengo tentou em contra-ataque: Victor Hugo foi lançado em velocidade e tentou cruzamento para Bruno Henrique, mas Rodrigo Ely cortou precisamente. Na sequência, De Arrascaeta chutou forte, obrigando boa defesa de Gabriel Grando.

O Grêmio começou em cima na etapa complementar, chegando já no primeiro minuto. Reinaldo cobrou escanteio e Rodrigo Ely tentou desviar, mas o lance foi anulado por falta em Bruno Henrique. Em nova oportunidade, Suárez foi lançado na área e finalizou, mas Matheus Cunha segurou.

A melhor chance na partida saiu passados 7’, quando João Pedro deu um lindo passe para Suárez, que chutou com muito perigo – mas parou em mais uma defesa do goleiro adversário. Logo em seguida, após contra-ataque, Ferreira recebeu, foi a linha de fundo e cruzou, mas Bitello bateu fraco e o arqueiro carioca segurou.

O Flamengo chegou com Bruno Henrique acionado na pequena área, mas Grando saiu bem e conseguiu defender. Já aos 13’, Ferreira fez jogada individual e chutou em curva, carimbando a trave – por detalhe não entrou.

Os adversários buscaram atacar também: De Arrascaeta cobrou falta, mas não passou por João Pedro, que cortou, passados 24’, jogando a escanteio. Após a cobrança, a zaga subiu para desviar com Rodrigo Ely e depois de análise de VAR, arbitragem assinalou pênalti pela bola tocar na mão do zagueiro. De Arrascaeta cobrou e abriu o placar para o Flamengo, aos 28’.

Aos 34’, o Grêmio tentou descontar com Rodrigo Ely. Que mandou a bola para as redes após cruzamento de Reinaldo, mas a arbitragem anulou por impedimento. O Grêmio agora volta todas suas atenções para o Campeonato Brasileiro.

Acompanhe
nossas
redes sociais