Folhito mostra que empreender é buscar um futuro sustentável

Vale Empreendedor

Folhito mostra que empreender é buscar um futuro sustentável

Sob a gestão da família Lanius, a empresa de fertilizantes orgânicos e biometano contribui desde 1994 para um futuro verde para agricultura e para o meio ambiente

Por

Atualizado sábado,
05 de Agosto de 2023 às 09:41

Folhito mostra que empreender é buscar um futuro sustentável
Fernando e Rodolfo estão no comando da Folhito desde 2017. (Foto: Andréia Rabaiolli)

Transformar uma empresa de fertilizantes em um exemplo de empreendimento inovador e alinhado às questões ambientais exige rigorosa eficiência na gestão. Essa é uma habilidade que a família Lanius cultiva desde o início da empresa, em 1994, com o  espírito inovador do pai, Ito Lanius, e o comprometimento dos filhos Fernando e Rodolfo.

A Folhito começou sua jornada quando Ito decidiu fornecer aos agricultores uma alternativa altamente eficiente de fertilizantes. Desde o início, o empreendimento contou com a participação ativa dos filhos, que cresceram ouvindo a voz  entusiasmada do pai e aprendendo sobre reciclagem e o compromisso com o meio ambiente. 

Fernando Lanius, atual diretor da Folhito, conta que o envolvimento com o negócio sempre foi intenso. Tanto é que em 1995 a família chegou a morar em uma casa no parque industrial da empresa. “Aos 14 anos, já estava muito comprometido. O pai sempre nos ensinou que se acertássemos 70%, poderíamos ganhar a partida”, lembra.

Rodolfo, também diretor da empresa, lembra da primeira data-chave da Folhito foi em 2005, quando transformaram a empresa numa operação de reciclagem de materiais, com produção de fertilizante orgânico através da compostagem. Em 2017, os irmãos assumiram  a liderança do negócio e impulsionaram novos projetos, consolidando a empresa como referência no setor de fertilizantes no Rio Grande do Sul.

Em 2020, a Folhito viveu um avanço em sua trajetória como empresa e encontrou em Linha Delfina, interior de Estrela, um local amplo e adequado para expandir suas operações. A família construiu uma unidade moderna e imponente, que também contempla a fabricação de biogás, transformado em energia elétrica e biometano. A empresa segue atuando no processamento de resíduos e na fabricação de fertilizante orgânico. 

A empresa cresce, em média, 20% ao ano e comercializa mais de 100 mil toneladas de adubo orgânico ao ano. Conta com 70 colaboradores e sua produção é automatizada. Se destaca pelo projeto diferenciado com um modelo de ciclo fechado, sem a geração de novos resíduos. “Nada é desperdiçado, tudo é transformado em fertilizante, energia elétrica e biocombustível, tornando a empresa um exemplo de sustentabilidade no Rio Grande do Sul e até no Brasil”, salienta Rodolfo. 

Segundo Fernando, a empresa tem se empenhado em ser ambientalmente consciente e carbono neutro. “O objetivo é conectar-se com mercados que valorizem a sustentabilidade e o carbono neutro. Queremos contribuir com o desenvolvimento econômico, mas sempre com responsabilidade com o futuro”, conclui, mostrando que a Folhito é um exemplo do melhor que o Vale do Taquari pode criar e exportar.

Assista ao vídeo exclusivo:

Acompanhe
nossas
redes sociais