Plano de carreira dos monitores é aprovado em Estrela

EDUCAÇÃO

Plano de carreira dos monitores é aprovado em Estrela

Projeto entrou para votação pouco antes da sessão da câmara e foi aprovado por unanimidade

Por

Plano de carreira dos monitores é aprovado em Estrela
Foto: Jhon Willian Tedeschi
Estrela

A reinvindicação de parte do quadro da educação de Estrela foi atendida nesta segunda-feira, 19. O projeto que estabelece o plano de carreira para monitores e auxiliares de creche teve a montagem concluída e os vereadores votaram na sessão do legislativo. A aprovação foi por unanimidade.

Os pedidos por uma reestruturação nos padrões salariais foram reforçados a partir de fevereiro, quando um estudo de viabilidade foi solicitado à Secretaria da Fazenda. De acordo com a Associação dos Monitores e Auxiliares da Educação de Estrela (Amae), o salário para a função é o segundo mais baixo no Vale do Taquari, com cerca de R$ 1,5 mil.

Reuniões ocorreram ao longo do dia e ratificaram o projeto, protocolado no sistema da câmara de vereadores minutos antes do início da sessão. Com o plano de carreira, o salário-base é acrescido de adicionais por graduação e pós-graduação, o que reajusta os salários de 80 dos 142 monitores e auxiliares do quadro.

O impacto orçamentário em 2023 será de R$ 74,1 mil, em 2024 de R$ 226,8 mil, e em 2025 de R$ 233,6 mil. A lei passa a valer após a sanção do prefeito Elmar Schneider.

Acompanhe
nossas
redes sociais