APL Alimentos debate ações um ano após obter certificação

Vale do Taquari

APL Alimentos debate ações um ano após obter certificação

Nos últimos meses, o Arranjo Produtivo Local recebeu adesões de empresas importantes do setor na região, como a Neugebauer, sediada em Arroio do Meio, a Divine e a Baldo, de Encantado, e a Biscobom Alimentos, de Mato Leitão

Por

APL Alimentos debate ações um ano após obter certificação
Identidade do movimento
Vale do Taquari
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Criado em outubro de 2021, o Arranjo Produtivo Local (APL) Alimentos e Bebidas completa hoje, 13, um ano de certificação por parte do governo do Estado. Uma plenária, às 18h, no auditório do Sesc Lajeado, vai debater as ações desenvolvidas neste período, bem como fará uma verificação do planejamento da entidade.

A certificação, segundo a coordenadora do APL, Aline Eggers Bagatini, tem como objetivo fortalecer a cooperação e alavancar negócios nas empresas dos dois segmentos, bem como facilitar o acesso a crédito em instituições financeiras, participação de programas governamentais de incentivo, entre outros.

Além disso, nos últimos meses o APL recebeu adesões de empresas importantes do setor na região, como a Neugebauer, sediada em Arroio do Meio, a Divine e a Baldo, de Encantado, e a Biscobom Alimentos, de Mato Leitão.

Inovação no setor

O APL Alimentos e Bebidas surgiu como um braço da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços do Vale do Taquari (CIC-VT), com empresas associadas às entidades vinculadas. Mesmo assim, possui autonomia em sua linha de atuação.

Conforme o presidente da CIC, Ivandro Rosa, o APL foi criado para melhorar o desempenho da região na área de alimentos e bebidas e pode beneficiar o Vale tanto a curto prazo, em questões mais urgentes, como a médio e longo prazo, sendo uma ferramenta de inovação.

“O alimento tem uma necessidade muito maior do que somente saciar a fome. Tem que ter um propósito de inovação, de atender algumas necessidades e estar alinhado com as novas tendências mundiais. É um olhar para o futuro do setor”, salienta.

Acompanhe
nossas
redes sociais