Após cinco anos, escola do Bom Pastor é inaugurada

LAJEADO

Após cinco anos, escola do Bom Pastor é inaugurada

Emei Sonho de Criança tem capacidade para receber mais de 200 alunos, em dez turmas. Inauguração oficial será dia 14 de junho

Por

Atualizado sexta-feira,
02 de Junho de 2023 às 07:03

Após cinco anos, escola do Bom Pastor é inaugurada
Créditos: Júlia Amaral
Lajeado
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Aguardada pela comunidade do bairro Bom Pastor desde 2018, a Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) Sonho de Criança abriu as portas na manhã de ontem. No primeiro dia de atuação, foram recebidos cerca de 30 alunos e 15 professores.

A escola tem capacidade para atender 210 alunos, em todos os níveis da educação infantil. Hoje, são 100 matrículas, incluindo famílias de bairros das proximidades, como Conventos e Moinhos D’água. Localizada na rua Eugênia Mello de Oliveira Kirchheim, a escola fica em um terreno de 5,6 mil metros quadrados e tem área construída com 1,5 mil metros quadrados.

O número de estudantes na Sonho de Criança deve aumentar de forma gradual, com o objetivo de respeitar o processo de adaptação dos pequenos. Na mesma medida, a contratação de professores também aumentará.

“Hoje o quadro não está completo. Temos cerca de 40 professores, com oito turmas, mas temos capacidade para atender dez”, conta a diretora, Michele Silva da Costa. O educandário ainda aguarda brinquedos para o pátio e livros infantis, que devem chegar até o dia 14.

Na noite de quarta-feira, 31, ocorreu a primeira Assembleia Geral de Pais. “As famílias estão muito felizes de ter um espaço pensado para as crianças. Percebemos o sentimento de gratidão em todos que participaram”, afirma Michele.

Organização de professores e alunos

Conforme a coordenadora geral da educação do município, Roseli Angélica Berté, para compor o quadro de pessoal da Sonho de Criança, foram chamados monitores concursados, que estão no processo de trâmite de documentação para a posse na função.

“Também estão sendo feitas transferências de monitores de outras escolas de educação infantil que haviam feito a solicitação. Além dos monitores, estão sendo contratados assistentes educacionais para auxiliarem em turmas com crianças com laudo médico”, explica.

Para o remanejo das crianças de outras escolas, a família deve solicitar a transferência na recepção da Secretaria da Educação, mediante comprovação de endereço. O pedido será atendido de acordo com as vagas disponíveis.

“Para a Secretaria de Educação, o início das atividades na Emei significa a concretização de um sonho. Ver a vida pulsando dentro de um espaço projetado para a Educação Infantil é motivo de alegria, orgulho e satisfação, reforçando nosso comprometimento com a qualidade na educação”, ressalta Roseli.

A obra

A construção teve início em agosto de 2018. Foi paralisada em diversas oportunidades por falta ou atraso nos repasses de recursos por parte da União. O cronograma de execução previa a conclusão da escola em agosto de 2021.

No mesmo ano, a prefeitura entrou com uma ação na Justiça Federal para solicitar autorização para que o município pudesse dar continuidade às obras, já que estavam paralisadas desde 2020. O propósito da ação foi de que o município investisse recurso próprio para finalizar a obra e para depois ser ressarcido com os recursos federais que estavam previstos.

Escola era aguardada pela comunidade desde 2018. Podem ser atendidas crianças do bairro Bom Pastor e proximidades

Acompanhe
nossas
redes sociais