Apama considera encerrar atividades

dificuldade financeira

Apama considera encerrar atividades

Fundada há quase dez anos, ONG acumula dívida crescente para manter os cerca de 300 cães abrigados na sede da entidade, no bairro Conventos. Presidente da Apama e vereadora, Ana Rita Azambuja relata desespero e cansaço de não saber o que fazer para manter os animais

Por

Atualizado quarta-feira,
14 de Maio de 2023 às 08:59

Apama considera encerrar atividades
Foto: Mateus Souza
Lajeado
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Um comunicado divulgado nas redes sociais explanou as dificuldades da Apama e causou preocupação na comunidade. As dificuldades financeiras podem motivar o encerramento das atividades da ONG, fundada há quase dez anos.

Hoje, a Apama acumula uma dívida crescente, na casa dos R$ 70 mil. E o custo mensal chega a R$ 30 mil, sendo mais da metade com rações para alimentar os cerca de 300 cães abrigados na sede da entidade, no bairro Conventos.

“Esse é o pior período. Não apenas pelos valores, mas também pelo desgaste de dez anos. Acordar todos os dias e não saber o que fazer para manter os animais aqui, conseguir alimentá-los e pagar todos os boletos. O desespero é pelo cansaço de tanto tempo fazendo um trabalho muito difícil”, desabafa a presidente da Apama e vereadora, Ana Rita Azambuja.

Ana tem buscado diálogo com o Executivo para amenizar a situação. Uma das possíveis medidas a serem tomadas é o custeio da alimentação dos animais que estão no local. A Secretaria do Meio Ambiente teria sinalizado apoio ao pedido.

Acompanhe
nossas
redes sociais