Turismo, educação e preservação do meio ambiente na beira do rio

MEIO AMBIENTE

Turismo, educação e preservação do meio ambiente na beira do rio

Viva o Taquari-Antas Vivo conta com programação toda manhã de sábado e visitação à embarcação Seival. Voluntários podem participar do recolhimento de lixo das margens

Por

Turismo, educação e preservação do meio ambiente na beira do rio
Embarcação tem espaço para 30 pessoas mais a tripulação. O passeio terá duração média de 2h. Crédito: Felipe Neitzke
Vale do Taquari
Gustavo Adolfo 03

O turismo passa a integrar o Viva o Taquari-Antas Vivo, evento tradicional da região que chega a sua 16ª edição. Neste ano, a programação conta com a réplica do Seival, veleiro utilizado por Giuseppe Garibaldi na Tomada de Laguna, durante a Revolução Farroupilha.

A reconstrução do Seival foi idealizada pelo professor Antônio Carlos Rodrigues, com o objetivo de promover estudos e debates acerca da história, ampliar conhecimentos referentes ao Movimento Farroupilha, desenvolver o turismo e proporcionar lazer e cultura.

Os passeios têm duração média de 2h, mas as inscrições para comunidade já estão esgotadas. Em Lajeado, o barco será utilizado no Parque Ney Santos Arruda para oficinas sobre educação ambiental e história, além de visitação, que ocorre tanto no sábado, 25, quanto no domingo, 26. Para o coordenador e um dos idealizadores do programa, Gilberto Soares, essa é uma forma de inovar e voltar o olhar para a contemplação do rio Taquari.

Conhecer para preservar

“Agora, com a construção do Parque Ney Santos Arruda, conseguimos recuperar a relação do rio com a sociedade”, comenta Soares. Para ele, relacionar o turismo se torna uma possibilidade de melhor aproveitamento de uma ação com foco na preservação do meio ambiente.

“Essa é uma forma de utilizarmos o turismo para conhecermos o ambiente em que vivemos. E, conhecendo, entendemos o valor de preservar. É evidente a importância de conseguirmos unir todas as pontas, o turismo, o meio ambiente e, por consequência, o desenvolvimento da economia”, reforça.

No sábado, o barco terá visitação das 9h às 10h e das 18h às 20h. O restante do dia é destinado a passeio das escolas e palestra sobre a Marinha Farroupilha. No dia seguinte, a programação se repete.

Sobre a ação

A tradicional atividade de limpeza do rio Taquari-Antas inicia às 8h, em sete municípios ao mesmo tempo. Em Lajeado, o ponto de encontro para coleta de lixo e resíduos nas margens será no Porto dos Bruder, no Parque Ney Santos Arruda, e ao longo da orla do rio Taquari.

Além do recolhimento, haverá a apresentação de atividades artísticas, culturais e ainda ações relacionadas à preservação ambiental por parte de empresas, escolas e parceiros do projeto. Além das equipes da Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema), o Comando Ambiental da Brigada Militar também estará presente

Quem quiser participar do recolhimento de resíduos pode se inscrever antecipadamente ou no sábado. O voluntário deve usar roupa confortável, calçado fechado, boné, protetor solar e repelente e levar seu par de luvas de látex amarela.

O Viva o Taquari-Antas Vivo ocorre desde 2007 e tem como objetivo preservar os mananciais e mostrar a importância do descarte correto dos resíduos. Ao todo, nas 15 edições já realizadas, mais de 53 toneladas de resíduos foram recolhidas por cerca de 6,5 mil voluntários dos municípios de adesão.

Locais da ação

Arroio do Meio – Balneário Navegantes

Bom Retiro do Sul – Camping da Barragem

Cruzeiro do Sul – Antiga Prainha

Lajeado – Porto dos Bruder

Roca Sales – Parque Náutico

Venâncio Aires – Vila Mariante, na entrada da santinha

Estrela – Parque da Lagoa

Acompanhe
nossas
redes sociais