Grêmio goleia e decidirá em casa a vaga para final

Gauchão

Grêmio goleia e decidirá em casa a vaga para final

Equipe venceu o Novo Hamburgo por 6 a 1 na noite dessa sexta-feira

Por

Grêmio goleia e decidirá em casa a vaga para final
Foto: Lucas Uebel
Estado
Gustavo Adolfo 2 - Lateral vertical - Final vertical

Em uma noite avassaladora, o Grêmio goleou o Novo Hamburgo pelo placar de 6 a 1. Cinco gols foram marcados na primeira etapa: Vina, Kannemann, Cristaldo, Bitello e Bruno Alves balançaram as redes. No segundo tempo Suárez deixou sua marca, após os adversários descontarem o placar.

Com o resultado conquistado, o Tricolor garantiu a primeira colocação do Gauchão 2023 e decidirá os jogos na Arena.

O próximo compromisso é o clássico Gre-Nal, no domingo, 05, às 20h.

O jogo

Logo na primeira finalização da partida, aos dois minutos, o Grêmio abriu o marcador. Depois de trabalhar a bola nos primeiros minutos, Bitello encontrou João Pedro, que cruzou para Vina. O camisa 11 pegou de primeira e estufou as redes.

Sem se acomodar, o Tricolor seguiu em cima, pressionando a defesa do Novo Hamburgo. Não deu outra. A segunda finalização também se transformou em gol. Com seis minutos jogados, após nova alçada na área de João Pedro, Bruno Alves cabeceou. Em um primeiro momento o goleiro defendeu, mas, no rebote, Kannemann estava lá para deixar sua marca e ampliar o marcador.

A pressão seguiu. Um minuto depois, foi a vez de Cristaldo balançar as redes. Após passe de Bitello, o meia avançou para dentro da área e chutou forte, sem chances para Maticoli. Sete minutos e três gols anotados.

A equipe gremista, quando chegava ao ataque, era com muito perigo e não dava chances para o adversário. Aos 19min, Bitello marcou um golaço e ampliou o placar.

O Grêmio permaneceu em cima do Novo Hamburgo. A intensidade refletiu em mais um. Dessa vez, Bruno Alves, com 27min jogados, mandou a bola para o fundo do gol. Após cobrança de escanteio, Suárez finalizou e, no desvio o zagueiro tricolor acertou as redes.

Os adversários apenas se defendiam. Aos 31min, o Tricolor colocou uma finalização na trave. No lance, após tabela com Suárez, Cristaldo chutou forte e carimbou a trave.

Os minutos finais da primeira etapa seguiram com as mesmas características: Grêmio com a posse e impondo pressão na defesa adversária. Aos 44min, no último lance, Pepê quase marcou um golaço, mas o chute foi defendido pelo goleiro.

O segundo tempo iniciou com trocas. No intervalo, Renato Portaluppi colocou Thaciano na vaga de João Pedro. A primeira finalização perigosa do Tricolor veio aos nove minutos. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Carballo, que soltou uma bomba. A bola ia em direção ao gol, mas o arqueiro adversário conseguiu tirar.

Do outra lado, o goleiro Adriel não era acionado e não precisava trabalhar.

O ponteiro passava dos 13min, quando Carballo foi derrubado na área. Logo depois, em um lance com Suárez, o uruguaio também pediu pênalti, mas a arbitragem nada marcou. A trave seguiu atrapalhando o Tricolor na etapa final. Dessa vez, aos 21min, Vina carimbou o travessão, após chute forte.

Aos 27min, o comandante Renato promoveu mais duas trocas na equipe: Pepê e Vina saíram para as entradas de Diego Souza e Gustavinho.

Na primeira chegada com perigo, aos 35min, o Novo Hamburgo conseguiu furar a meta do Grêmio. Meneses chutou cruzado, Adriel conseguiu defender parcialmente, mas no rebote, Matheus Lgoa marcou.

Logo depois, Renato Portaluppi realizou as últimas modificações. Villasanti e Lucas Silva entraram nas vagas de Bitello e Carballo.

A partida ia se encaminhando para o fim, mas ainda faltava o gol do camisa 9 tricolor. Aos 38min, ele saiu. Luis Suárez recebeu cruzamento de Cristaldo. O centroavante chutou de primeira e marcou.

Acompanhe
nossas
redes sociais