Projeto busca recuperar rios e arroios de Lajeado

FORÇA-TAREFA

Projeto busca recuperar rios e arroios de Lajeado

Mapeamento do Arroio Saraquá iniciou neste mês. Assunto é tema de painel na Rádio A Hora 102.9 nesta quarta-feira

Por

Projeto busca recuperar rios e arroios de Lajeado
O mapeamento é feito com vistorias, captação de pontos com GPS e imagens aéreas feitas com drone. Crédito: Divulgação
Lajeado
Gustavo Adolfo 03

Identificar áreas de preservação permanente, pontos com erosão e com descarte irregular de resíduos é o objetivo do projeto Nosso Saraquá. O mapeamento do arroio feito pela Secretaria de Meio Ambiente, Saneamento e Sustentabilidade de Lajeado (Sema) iniciou neste mês.

A iniciativa faz parte do projeto Nossos Rios que, além do Saraquá, também abrange a recuperação dos arroios Engenho e Encantado, e rios Forqueta e Taquari. “A ideia é que os trabalhos sejam feitos sequencialmente de forma a abranger todos os rios da nossa cidade”, destaca a química industrial da Sema, Gabriela Roehrs.

Como parte do projeto, as etapas do Engenho foram concluídas, com a recuperação das áreas de preservação permanente no bairro Centenário e Olarias e colocação de ecobarreiras para conter os resíduos despejados nas águas. Além disso, no ano passado foi feito um mutirão de limpeza no arroio Encantado, próximo ao Parque dos Dick.

De acordo com Gabriela, o mapeamento geral do Arroio Saraquá foi feito no final de 2022, com a definição dos pontos de monitoramento dos setores que fazem parte do arroio. Neste mês, foi dado início ao mapeamento completo do setor 1, que abrange a área desde a divisa da cidade com Santa Clara do Sul até a ponte da ERS-413.

O mapeamento é feito com vistorias, captação de pontos com GPS, e imagens aéreas feitas com drone. “O mapeamento tem o objetivo de avaliar a mata ciliar e propor a recuperação dos lotes que não estão respeitando a metragem exigida pela lei. As imagens aéreas auxiliam nessa etapa”, ressalta Gabriela.

Na Rádio A Hora

As iniciativas que fazem parte do projeto Nossos Rios também serão abordadas no painel Viver Cidades, na Rádio A Hora 102.9, que tem a primeira edição do ano nesta quarta-feira, das 15h às 16h, com transmissão pelas redes sociais. O tema “Cursos d’água: esforços para recuperar e preservar” dá início à série de painéis que ocorrem ao longo dos próximos meses.

Além da presença de Gabriela, o painel também conta com a participação de Rui Delsio Schwinn, integrante do Comitê das Nascentes do Arroio Castelhano, de Venâncio Aires, e de Carin Taiara Gomes, fiscal do Meio Ambiente de Venâncio Aires.

Acompanhe
nossas
redes sociais