Tite assina rescisão na CBF e não é mais técnico da seleção brasileira

FIM DO CICLO

Tite assina rescisão na CBF e não é mais técnico da seleção brasileira

Técnico teve 80% de aproveitamento, mas amargou duas eliminações em mundiais

Por

Atualizado terça-feira,
17 de Janeiro de 2023 às 18:44

Tite assina rescisão na CBF e não é mais técnico da seleção brasileira
Foto: Divulgação
Brasil
Gustavo Adolfo 2 - Lateral vertical - Final vertical

Adenor Leonardo Bachi, o Tite, não é mais técnico da seleção brasileira. Ele assinou a rescisão na tarde desta terça-feira, 17, na sede da CBF, no Rio de Janeiro. O agora ex-comandante havia anunciado a saída após a Copa do Catar. Foram seis anos e meio no cargo.

Apesar das quedas precoces nos dois mundiais em que dirigiu o Brasil,  Tite teve um aproveitamento de quase 80%.  Foram 81 jogos, com 60 vitórias, 15 empates e seis derrotas. No período, venceu a Copa América de 2019.

Com o fim oficial da era Tite, o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, promete anunciar o novo treinador da seleção até o fim deste mês. A entidade gostaria de um nome estrangeiro e o português Abel Ferreira, atual técnico do Palmeiras, está entre os nomes mais cotados. Entre os brasileiros, Dorival Júnior – sem clube no momento depois de deixar o Flamengo – e o tricolor Fernando Diniz também estão entre os possíveis substitutos de Tite.

Acompanhe
nossas
redes sociais