Em Brasília, Maneco terá desafio de retomar campanhas institucionais

REPRESENTAÇÃO

Em Brasília, Maneco terá desafio de retomar campanhas institucionais

Ex-prefeito de Taquari e ex-presidente da Famurs assumiu cargo na Secretaria de Comunicação Social do governo federal. Na função, também pretende ser um “embaixador” da região em Brasília

Por

Em Brasília, Maneco terá desafio de retomar campanhas institucionais
Foto: Divulgação
Vale do Taquari
Gustavo Adolfo 2 - Lateral vertical - Final vertical

Candidato a deputado estadual mais votado da região em 2022, Emanuel Hassen de Jesus, o Maneco, iniciou nesta semana a atuação no governo federal. Convidado pelo ministro-chefe de Comunicação Social (Secom), o gaúcho Paulo Pimenta, ele será o secretário de Comunicação Institucional do Planalto.

Desde domingo em Brasília, Maneco comenta que a secretaria ainda passa por um processo de transição, o que deve ser finalizado esta semana. Ele retornou ontem ao Rio Grande do Sul, mas já prepara a volta definitiva ao Distrito Federal. “É uma responsabilidade enorme. Quero corresponder à confiança dos mais de 34 mil eleitores. É um orgulho enorme ter alcançado este resultado”, salienta.

Neste período na capital federal, Maneco pretende ser um “embaixador” do Vale do Taquari, ainda que esteja em um cargo de segundo escalão. “A comunidade pode esperar todo o esforço possível para que a gente consiga qualificar os serviços fundamentais à sociedade”, frisa.

Apesar do desempenho do presidente Lula na região – ele somou menos votos do que Jair Bolsonaro e venceu em apenas uma das 37 cidades no segundo turno –, Maneco destaca que o novo gestor vai “governar para todos, independente se o eleitor votou no candidato A ou B”. Também ressalta que os prefeitos terão, no governo federal, um grande parceiro.

Campanhas institucionais

Na nova função, Maneco diz que terá como principal desafio a retomada de campanhas institucionais relevantes à sociedade, sobretudo em áreas como a saúde. “Teremos um papel importante por conta das dificuldades que a área teve nos últimos quatro anos. Não tivemos coisas básicas como uma campanha para incentivar a vacinação, por exemplo. É um desafio”, comenta.

Na avaliação do ex-prefeito de Taquari, a comunicação institucional do governo federal praticamente inexistiu nos últimos quatro anos, período em que prevaleceu a comunicação pessoal do ex-presidente Jair Bolsonaro. Por isso, cita o combate às fake news como fundamental para a transmissão de informações fidedignas a população.

Trajetória política de Maneco Hassen (PT)

  • Prefeito de Taquari por dois mandatos (2013 a 2016 e 2017 a 2020)
  • Presidente da Federação das Associações dos Municípios (Famurs) por um ano, entre 2020 e 2021
  • Suplente de deputado estadual pela Federação PT-PCdoB-PV, após fazer 34,4 mil votos em 2022

Acompanhe
nossas
redes sociais